CARNAVAL 2013: Políticos prometem ir à Mudança do Garcia mesmo sendo alvos das críticas

Postado em fev 8 2013 - 1:02pm por Jornal da Chapada
Vitor Fernandes
galo

O bloco Mudança do Garcia, marcado pela liberdade de fantasias, irreverência e protesto, será palco mais uma vez para os políticos aparecerem, embora sejam também alvos de críticas pelos foliões que costumam apresentar caretas e cartazes com os nomes das autoridades públicas. Entre os que prometem marcar forte presença estão deputados estaduais e vereadores da capital. O petista Marcelino Galo sairá pela quarta vez comandando grupos de militantes de esquerda. Já a deputada Luiza Maia usará a bandeira feminina para protestar contra a violência e a antibaixaria, lembrando as músicas que depreciam a imagem da mulher. O desfile será na segunda-feira de carnaval, no circuito Osmar (Campo Grande). No bloco do Galo haverá homenagens a figuras bastante conhecidas no cenário político regional, nacional e internacional, como Antonio Gramsci, Frida Kahlo e Simone de Beauvoir. A Fanfarra do Palito é quem comandará a festa que reunirá lideranças petistas do estado. Galo diz que o momento é de reafirmar as posições em relação às bandeiras defendidas pelo mandato na Assembleia. “Quem for ao bloco do Galo na Mudança do Garcia este ano vai encontrar nossas opiniões sobre prostituição infanto-juvenil, trabalho escravo, reforma agrária, agricultura familiar, direitos LGBTs, cultura de inclusão, violência contra as mulheres, mas também vamos reverenciar personalidades históricas como a artista Frida, o teórico Gramsci, por exemplo. Esperamos receber também políticos do Partido dos Trabalhadores de diferentes tendências para caminharmos juntos “, afirmou. A deputada Luiza Maia também deve seguir o bloco a fim de popularizar a lei de sua autoria aprovada na Assembleia, ano passado. Ativistas sociais, deputadas, delegadas de polícia, promotoras, juízas, intelectuais e representantes de mais de 40 instituições já confirmaram presença. A lei proíbe a contratação pelo Estado de bandas que tocam músicas cujo conteúdo desqualifica e incentiva à violência contra a mulher.

Extraído da Tribuna da Bahia

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.