Mundo: Menina de 6 anos trata epilepsia usando maconha medicinal

Postado em ago 13 2013 - 12:09am por Jornal da Chapada
menina

Charlotte e os pais | FOTO: Divulgação/Realm of Caring |

Depois de vários tratamentos, os pais de Charlotte Figi apelaram para uma medida pouco convencional no Colorado (EUA). A fim de tratar uma forma rara de epilepsia (Síndrome de Dravet), eles passaram a tratar a menina americana de 6 anos com óleo de maconha medicinal. Deu certo. “Charlotte está comendo e bebendo sozinha pela primeira vez em anos. Ela está dormindo bem toda a noite. O seu comportamento de automutilação, choro, movimentos repetitivos, violência, fuga do contato olho no olho, insônia, falta de contato social é coisa do passado. Ela tem a mente tranquila, está focada, não tem mais déficit de atenção. Charlotte monta em cavalos, patina, pinta, dança, faz caminhadas. Pela primeira vez ela fez amigos. Seu cérebro está sendo curado. Ela está saudável. Ela está feliz”, contou Paige Figi, a mãe da menina, em um blog para auxiliar pessoas que passam pelo mesmo problema.

De acordo com Paige, com oito meses de tratamento com maconha medicinal, os desmaios semanais de Charlotte foram reduzidos de 300 para três. Ela salientou que o programa alternativo foi aprovado por neurologistas e pediatras. Em 2000, eleitores do Colorado aprovaram uma lei que obriga o estado a fornecer tratamento com maconha medicinal. O caso de Charlotte levou Sanjay Gupta, o famoso médico e comentarista de saúde da CNN, a se desculpar por ter tido impressões precipitadas sobre os benefícios da maconha medicinal. Ele escreveu um artigo chamado “Por que eu mudei minha opinião sobre a erva”. Informações do PageNotFound.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.