[#Francamente]: A “viúva” tem dedo podre e é cobiçada por picaretas; o prefeito continua no poder

JC
Postado em jan 7 2014 - 12:15am por Jornal da Chapada
deninha

| IMAGEM: Fábrica de Marketing |

Por Deninha Fernandes*

O ano de 2014 chegou e o prefeito do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, João Filho (PP), continua firme no poder, mesmo respondendo a 54 processos por crimes como falsidade ideológica, estelionato, crimes contra a flora e improbidade administrativa. A comarca de Itaberaba não cumpre a Meta 18 do Ministério Público e é denunciada ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Código tributário e multas de trânsito tiram o sono da população itaberabense e ninguém diz para onde foi a água da Fonte da Muritiba, no município de Lençóis, sem falar que o cara do mercadinho, aquele da falência fraudulenta, já está em plena campanha para prefeito de Itaberaba. Resta saber quem acredita nele! #Francamente, a viúva tem dedo podre e só é cobiçada por picaretas!

Ação penal
Os holofotes da oposição estão todos voltados para a sessão de julgamento da ação penal nº 000393672013, oriunda da Secretaria da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/BA), que será realizada no dia 28 de janeiro de 2014, às 8h30, onde o prefeito João Filho deve sentar no banco dos réus. Isso se ele aparecer por lá!

Por falar em audiências
Apesar dos 10 processos do prefeito João Filho (PP), que tramitam no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/BA), terem andado neste final de ano, o fato não satisfez a oposição, que já está marcando nova visita ao tribunal para cobrar, desta vez do novo presidente da egrégia corte, o desembargador Eserval Rocha, celeridade no julgamento.

Xerife de Nothigham 1
O prefeito de Itaberaba já está sendo apelidado de “xerife de Nothigham”, o impiedoso cobrador de impostos do filme “Robin Hood, o Príncipe dos Ladrões”.

Xerife de Nothigham 2
O apelido do gestor público surgiu após ele vencer as eleições com 76,11% dos votos válidos e, em sinal de gratidão aos milhares de votos, o prefeito, com o apoio da Câmara Municipal de Vereadores, editou um escorchante código tributário que aumentou todos os impostos municipais. Tem gente que teve seu tributo, principalmente o IPTU, aumentado em mais de 1000%. Como diz a célebre frase: “Cada povo tem o governo que merece”.

Impostos do prefeito de Itaberaba
O seu código tributário implantou na Secretaria Municipal de Meio Ambiente a Licença Ambiental, que deve penalizar os produtores de abacaxi, sem falar na indústria das multas de trânsito. Eu já caí na malha fina, e você?

Só tem do prefeito João Filho…
Não é o gestor pepista que responde a processos por estelionato, falsidade ideológica, crime contra a flora, crime contra administração pública e dezenas de ações de improbidade? Só em Itaberaba mesmo para João Filho se arvorar de paladino dos tributos municipais!

Mais denúncia de Pinto
O eletrotécnico e representante do Instituto de Defesa dos Direitos Humanos (Ibra), Renival Sampaio França, apresentou denúncia ao Ministério Público contra o nepotismo praticado pelo prefeito João Filho. Essa denúncia já virou processo e até uma ação de inconstitucionalidade movida pelo próprio procurador-geral de Justiça do Estado, Wellington Cesar Lima e Silva. Mas, até agora, nada aconteceu! Enquanto isso, a irmã do prefeito, Marigilza Mascarenhas, manda e desmanda como secretária de Governo, e a esposa do gestor, Maira Mascarenhas, continua como secretária de Assistência Social. Com a palavra, o Tribunal de Justiça da Bahia!

De olho em Ibiquera
Parece que o prefeito de Andaraí, Wilson Paes Cardoso (PSB), gostou tanto de ser prefeito que antes mesmo de concluir seu mandato já está de olho no município de Ibiquera, também na Chapada Diamantina. Corre à “boca miúda” que Wilson Cardoso já está providenciando domicílio eleitoral para sua esposa Adaise Melo, para ser candidata a prefeita nas próximas eleições em Ibiquera. Cadê os homens e mulheres de Ibiquera? Vai ser preciso vir uma pessoa de fora?

Próximo 5 de outubro
As eleições gerais se aproximam e até agora não surgiu um nome nato da Chapada Diamantina. Como pode uma região dispor de mais de um milhão de votos e não ter um legítimo representante? Também, os municípios estão todos retalhados para apoiar deputado estadual e/ou federal.

Representatividade da Chapada
O prefeito de Andaraí, Wilson Paes Cardoso, acha que tem tantos votos que nesta eleição vai apoiar dois deputados estaduais e dois federais: Rodrigo Ita (estadual do PSB), Zé Neto (estadual do PT), Zé Carlos Araújo (federal do PSD) e Edson Pimenta (federal do PSD). Oxente, e Valmir Assunção sobrou?

Por falar na moda inventada por Wilson…
Comenta-se que a prefeita de Itaetê, Lenise Estrela (PSB), também aderiu, ou seja, a gestora acha que tem tantos votos que vai apoiar também dois deputados estaduais e dois federais: Rodrigo Ita (estadual do PSB), Marcelino Galo (estadual do PT), além de Jutahy Magalhães (federal do PSDB) e Acelino Popó Freitas (PRB). Isso se o irmão da prefeita, Dinho, de Boa Vista do Tupim, não for candidato.

Ainda falando em representantes…
A corrida eleitoral ainda não começou, mas já tem bons nomes de candidatos sendo trabalhados na Chapada Diamantina, como o deputado Jutahy Magalhães Júnior, do PSDB, que nunca abandona suas bases e está sempre em contato com seu eleitorado, e do deputado federal Ronaldo Carleto (PP), que deve ampliar sua base na Chapada Diamantina, sendo votado em municípios como Itaberaba, Nova Redenção, Boa Vista do Tupim e Bonito. Gente, está muito cedo para fechar apoios, vamos lançar um nome genuinamente chapadeiro para nos representar, enquanto isso não acontecer, a Chapada será sempre loteada!

Sem explicações em Lençóis
A prefeita do município de Lençóis, Moema Maciel (PSD), precisa explicar para a população o que aconteceu com a Fonte da Muritiba. Segundo informações, há sete anos o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) realizou prospecções na fonte e não apontou nenhuma evidência de que ela poderia acabar e hoje a fonte está seca. “Estamos consultando o profissional Jon Mattos com formação em Geografia pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), que já estuda o Rio Lençóis, tendo inclusive realizado um levantamento das características físicas da bacia hidrográfica deste rio, que afirma que a água subterrânea, como a da Fonte da Muritiba, não some assim de uma hora pra outra”, declara Jânio Azevedo, um dos defensores da Fonte de Muritiba.

Casa em recesso
A Câmara de Vereadores de Itaberaba entrou em recesso e quem deve ter dado graças a Deus foi o presidente da Mesa Diretora, o vereador Zenildo Aragão, o popular Paraná. Só assim para o povo parar de cobrar do presidente a apresentação da pessoa que “cagou” na caixa de frutas da geladeira de um dos gabinetes da casa legislativa. Eu é que não bebo e nem como nada daquela casa. E você?

Oposição ligada
A oposição de Itaberaba tem que ficar atenta. Notícias dão conta que o prefeito João Filho está adquirindo novos cabos eleitorais, como a maioria já é dele, o gestor decidiu buscar reforços no time dos adversários. Segundo “língua afiada”, João Filho ofereceu R$ 80 mil para um vereador, só para tirá-lo da bancada de oposição. Quem foi, você sabe?

Falando em comprar…
A vice-prefeita de Itaberaba, Maria José Novais, que aparece como ré junto com o prefeito João Filho e mais duas pessoas em uma ação por desvio de verbas da saúde, depois de ter sido apontada pelo Ministério Público para devolver R$ 650 mil, acaba de inaugurar uma casa em seu sítio. Dizem que a festa teve até banda. Como perguntar não ofende: qual o preço da prosperidade, vice-prefeita?

*Deninha Fernandes é jornalista e editora-chefe do Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.