Governador Jaques Wagner recebe os caciques do PP para discutir sucessão

JC
Postado em jan 10 2014 - 11:56am por Jornal da Chapada
wagner

“Na conversa também falamos do modo de governo do PP e concordamos que o governador é o condutor do processo”, diz o deputado federal Mário Negromonte | FOTO: Reprodução |

A corrida para a última vaga na chapa majoritária que vai disputar a sucessão do governador Jaques Wagner (PT) no pleito de outubro deste ano continua sendo almejada pelo PDT e PP. Depois de receber os pedetistas, o chefe do Executivo baiano seguiu sua linha democrática e ouviu, na quinta-feira (9), o grupo de pepistas formado pelos deputados federais João Leão e Mário Negromonte, os estaduais Cacá Leão, Mário Negromonte Jr., Ronaldo Carletto e o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, para também debater o assunto. Assim como na reunião do PDT, nada foi resolvido, e a decisão deve ficar mesmo para depois do Carnaval.

“Fizemos uma avaliação estadual, das alianças que temos no país com o partido [PT] e aqui. Foi uma conversa muito positiva. Essa questão da chapa majoritária ficou para ser decidida depois do Carnaval. O governador é quem vai decidir e acatamos a decisão. Estiveram seis representantes do partido, onde conversamos tudo, assuntos dos cenários nacional e estadual que foram avaliados como positivos”, pontuou o vice-líder nacional do PP, deputado Mário Negromonte. “Na conversa também falamos do modo de governo do PP e concordamos que o governador é o condutor do processo”. Sobre o apoio ao projeto do PT na Bahia, o deputado federal disse que vai aguardar a decisão do governador, mas que “o PP está junto com o governo em apoio a Rui Costa”.

Reunião na Alba
Antes do encontro na Governadoria, os pepistas se reuniram na Assembleia Legislativa da Bahia para traçar estratégias. “Estou aqui reunido com Ronaldo Carleto, que é o líder do partido na Casa, na sala da liderança, e com os deputados Mário Negromonte Jr., Cacá Leão, João Leão, e com Jabes Ribeiro, prefeito de Ilhéus, para debater política”, afirma o parlamentar Mário Negromonte.

Questionado sobre o assunto a ser debatido no encontro com Wagner, o vice-líder nacional da legenda devolveu a pergunta. “O que é que você acha que vai ser tratado, você que é jornalista?”. Ao ouvir a resposta direcionada sobre a composição da chapa do PT, ele confirma. “Então é isso”.

O deputado, mostrando naturalidade e brincando a todo o momento, disse que foi o governador que marcou a reunião e a intenção foi de ouvi-lo. “Nosso partido está muito tranquilo e sereno em torno da escolha. Ninguém está preocupado com isso não”. Texto extraído na íntegra da Tribuna da Bahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.