Mundo: Hospital pagará indenização por injetar cola no cérebro de menina

JC
Postado em jan 28 2014 - 9:57pm por Jornal da Chapada
foto

Substância foi injetada por engano em uma artéria do cérebro da paciente | FOTO: Reprodução/Thinkstock |

Um conhecido hospital pediátrico de Londres terá que pagar cerca de R$ 12 milhões de indenização para uma menina cujo cérebro sofreu sérios danos após a criança receber, por engano, uma injeção de cola. Em junho de 2010, Maisha Najeeb, então com 10 anos, foi submetida no hospital Great Ormond Street a uma embolização, um procedimento cirúrgico para diminuir o fluxo arterial do cérebro, que consiste em injetar uma cola especial para reparar vasos sanguíneos. Antes da cirurgia, injeta-se no paciente um líquido de contraste que permite visualizar a circulação do sangue.

Mas segundo a advogada da vítima, Edwina Rawson, houve uma troca de seringas e a cola foi injetada por engano em uma artéria do cérebro da paciente. Segundo o pai da menina, o cérebro de Maisha sofreu danos irreversíveis. A garota, de 13 anos, precisa de cadeira de rodas e perdeu quase todas as capacidades físicas e cognitivas. O juiz do alto tribunal de Londres aprovou na segunda-feira (27) um acordo segundo o qual o hospital terá que pagar primeiro uma quantia de R$ 8 milhões, depois R$ 1.500 ao ano até a vítima completar 19 anos. Com informações do R7.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.