Capoeira é Comunicação é o tema do Bloco Afro Mangangá no Carnaval de 2014

Postado em jan 30 2014 - 10:15am por Jornal da Chapada
bloco

Capoeira é Comunicação será o tema representado pelo Bloco Afro Mangangá Capoeira, carinhosamente chamado de Bloco da Capoeira durante o dia de desfile no Carnaval de Salvador.

Com mais de 800 integrantes abordo de um trio elétrico com painel de led frente e fundo e equipamentos de última geração, o Bloco da Capoeira, entidade de matriz africana, fundado em 2001 e tendo seu primeiro registro no carnaval de 2008, ao longo desses anos, vem trazendo uma temática importante para a difusão da cultura da capoeira enquanto fator histórico. Conhecido internacionalmente por produzir uma mistura de berimbaus e samba reggae com suas alas magníficas, apresenta para quinta-feira do Carnaval de 2014 o tema Capoeira é Comunicação e promete revolucionar na avenida contando em alas: “A comunicação dos movimentos e do próprio sentido da vida, da criação, do amor, do bem viver”; “A comunicação simbólica da capoeira e Sua relação midiática”.

O mais importante no campo da comunicação é saber que a transmissão pode vir de variados assuntos ou objetos transporto desde a oralidade passando pelas formas hieroglíficas até o sistema comunicacional tecnológico dos tempos atuais. Não importa de que modo podemos nos comunicar, já que a comunicação da qual nos propomos a falar, sendo ela escrita, gestual, tocada e/ou falada tenha sentidos e interpretações ancestrais no ambiente da capoeira.

O tema Capoeira é Comunicação vai descrever o ambiente em que a capoeira se insere e destacar suas principais simbologias. Começando com os orixás que regem este fenômenos – Exú e Ogum, esfera em que produz forças, movimentos e fertilidade. Destacando assim a transmissão e comunicação dos saberes através da música, instrumentos, movimentos físicos, símbolos e fundamentos da capoeira, seguindo por fim, a compreensão da sociedade da informação, em quê as novas tecnologias vêm a oferecer a todos os indivíduos inseridos nesta arte um espaço enriquecedor, com os mais variados instrumentos de informação, possibilitando aos mesmos um aprendizado amplo. A capoeira é a cultura que anda e como instrumento de comunicação se transforma em um produto criativo e eficaz tanto nas rodas como nas telenovelas, cinemas, filmes, comerciais, projetos visuais, etc.

O Bloco da Capoeira desfila na quinta–feira de Carnaval no circuito Osmar – Campo Grande / Praça da Sé abrindo o desfile. O folião e alas estando com suas fantasias do bloco podem desfilar no cortejo do Afródromo, no Ara Ketu e no Afro Pop de Margareth Menezes. O Bloco da Capoeira já desfilou com os temas: Capoeira e Suas Culturas Aparentadas em 2008; Capoeira na Guerra do Paraguai em 2009; A Capoeira e o Cangaço em 2010; Meio Ambiente: As sete visões naturais da capoeira 2011; História que Mamãe Contou em 2012; Fé em 2013 e para 2014 o tema será Capoeira é Comunicação.

Histórico
Fundado como bloco afro carnavalesco sem fins lucrativos na cidade de Salvador em 2001. O Bloco Afro Mangangá Capoeira, tem como estimativas dois mil associados para o desfile no carnaval de 2014, no qual abordará o tema “CAPOEIRA É COMUNICAÇÃO”. Como entidade cultural, integra-se à Associação Sócio-Cultural e de Capoeira Mangangá, que promove ações afirmativas voltadas ao bem estar dos seus associados, numa faixa etária de 3 a 60 anos, sem discriminação de gênero, etnia, ou classe sócio-econômica.

Além de desenvolver, em parceria com outras instituições, Intercâmbios Culturais Nacionais e Internacionais de Capoeira; Campeonato Inter-Estadual de Capoeira; Maculelê, Samba-de-Roda, Dança Afro e Puxada de Rede; Oficinas de Inglês; Artesanato e Confecção de Instrumentos; Pré-Vestibular; Eventos voltados à prevenção de DST´s, AIDS e saúde em geral; Palestras de Educação Ambiental; Workshops e Semana Cultural de Cinema e Teatro.

A missão da entidade é difundir a música da capoeira como instrumento de contribuição e construção cultural dentro e fora das rodas, tornando-a conhecida do grande público como os admiradores, investidores, empresários, empresas etc. Tendo como visão ser reconhecida como uma entidade que preserva a música e a capoeira com sinceridade, respeito e acima de tudo valorização histórica. O Bloco Afro Capoeira pretende exaltar os princípios e valores pautados no respeito aos grandes mestres, tendo como suporte um bom comportamento, para garantir a preservação das tradições: Angola e Regional.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.