Bahia: Laudo reforça que trator não estava amarrado a caminhão em acidente que matou 14

Postado em jan 31 2014 - 12:08am por Jornal da Chapada
foto

Ônibus foi atingido por trator que caiu de caminhão | FOTO: Evandro Veiga/Correio |

O laudo de local do crime do acidente com um trator e um ônibus que deixou 13 mortos na BR-110 ficou pronto nesta quinta-feira (30), segundo o delegado Jobson Marques, responsável pela investigação. O resultado do lado confirma a informação de que o trator não estava amarrado, conforme admitiu o tratorista que colocou o veículo de 30 toneladas no caminhão. A informação do manobrista havia sido negada em depoimento pelo dono da empresa São Luíz Terraplanagem, que foi contratada para fazer o transporte do trator de Inhambupe para uma obra em Alagoinhas.

“O laudo mostrou que o trator não foi amarrado, confirma o que a gente sabia. A perícia vai para o local, analisa os três veículos, a velocidade, como ocorreu, quem provocou a colisão. E mostrou que o trator estava solto”, conta o delegado. Segundo ele, não há sinais de freadas bruscas no local do acidente. A velocidade do caminhão não foi possível ser aferida porque o tacógrafo do veículo estava com defeito.

Até o momento, só o motorista do caminhão Joniçon Lima Silva, 43 anos, foi indiciado por dolo eventual, quando a pessoa assume o risco de matar, mas o tratorista que assumiu que o trator estava solto também responderá pelo mesmo crime. Outras pessoas também podem ser indiciadas. “A gente está analisando os donos e supervisores da empresa. A nossa trajetória é essa aí para saber quem será indiciado. A gente sabe que a empresa será responsabilizada, mas precisa ser a pessoa certa”, explica. Ainda nesta quinta, foram ouvidas “várias testemunhas”, segundo o delegado, entre vítimas e parentes de vítimas. O delegado diz ainda que pretende concluir o inquérito na quarta-feira da próxima semana.

O grave acidente aconteceu na manhã da última segunda-feira, por volta das 6h, no KM 322 da rodovia, trecho que liga os municípios de Alagoinhas e Inhambupe. As vítimas eram ocupantes de um ônibus da empresa Gontijo, que havia saído de São Paulo no último sábado (25) e seguia com destino a Paulo Afonso. O ônibus foi atingido pelo trator, que caiu do caminhão, logo após uma curva. Dos feridos no acidente, 2 continuam em observação no Hospital das Clínicas de Alagoinhas e 2 estão no Hospital Regional Dantas Bião, também em Alagoinhas. Texto extraído do site do jornal Correio.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.