Programa beneficia 30 mil agricultores familiares baianos

JC
Postado em fev 4 2014 - 2:16pm por Jornal da Chapada
agricultura

A técnica do plantio da palma forrageira é disseminada pelos técnicos da EBDA | FOTO: Reprodução |

Trinta mil agricultores familiares do estado vão receber este ano 30 milhões de raquetes de palma para o plantio em sistema adensado. Essa ação faz parte do Programa de Segurança Alimentar do Rebanho da Agricultura Familiar, idealizado e executado, desde setembro de 2011, pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri).

O programa foi pensado com a finalidade de contribuir para a sustentabilidade da bovinocultura de leite e da ovino-caprinocultura, através da implantação de reserva estratégica de alimentos, por meio do cultivo da palma adensada. A palma é rica em sais minerais e tem na sua composição 80% de água, o que garante a sua resistência em períodos de seca.

A técnica do plantio da palma forrageira, de forma adensada (diminuição do espaço entre as mudas), é disseminada pelos técnicos da EBDA, que prestam a Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) a agricultores familiares nas diversas regiões da Bahia.

Para que o programa alcance muito mais do que as 30 mil famílias beneficiadas anualmente, todas as mudas entregues serão reproduzidas pelos agricultores e parte delas será repassada para outros agricultores, na própria comunidade. Outra novidade é o fomento à produção de mucilagem do sisal, para utilização na alimentação animal.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.