Indústria baiana registrou expansão de 3,8% em 2013

Postado em fev 8 2014 - 3:55pm por Jornal da Chapada
baiana

O segmento de metalurgia básica foi influenciado pela produção de barras, perfis e vergalhões de cobre e ligas de cobre | FOTO: Reprodução/ABr |

A produção da indústria baiana apresentou incremento de 3,8% em 2013, em comparação ao ano de 2012, acompanhando a tendência nacional de expansão (1,2%). Conforme os dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM/IBGE), analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), no ano passado, na Bahia, se destacaram os setores de metalurgia básica (21,9%) e refino de petróleo e produção de álcool (13,2%).

O segmento de metalurgia básica foi influenciado pela produção de barras, perfis e vergalhões de cobre e ligas de cobre. Já o de refino de petróleo e produção de álcool teve o crescimento impulsionado pela maior produção de óleo diesel, óleo combustível e gasolina.

Ainda segundo a pesquisa, os setores de veículos automotores (19,5%), borracha e plástico (4,9%), celulose e papel (1,2%) e minerais não metálicos (1,9%) também influenciaram positivamente o indicador. As contribuições negativas ficaram por conta de alimentos e bebidas (-8,1%) e produtos químicos (-0,4%). Em dezembro do ano passado, o setor de borracha e plástico (9,0%) foi o que mais cresceu.

A Pesquisa Industrial Mensal encontrou resultados positivos em 11 dos 14 estados pesquisados, com avanços acima da média no Rio Grande do Sul (6,8%), Paraná (5,6%), Goiás (5,0%), Bahia (3,8%), Ceará (3,3%) e Santa Catarina (1,5%).

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.