Secretário do PT diz que Rui Costa ganha eleição e que oposição está desarticulada

Postado em fev 18 2014 - 9:41pm por Jornal da Chapada
finanças

O secretário estadual de Finanças do PT, Ivan Alex, fala de eleição e confia na vitória de Rui Costa | FOTO: Divulgação |

O cenário político estadual já começa a ser traçado para as eleições de 2014 na Bahia. Com quatro chapas concorrendo ao governo do estado, o pleito promete ser de amplo debate na sociedade. O Partido dos Trabalhadores (PT), por exemplo, com a majoritária encabeçada pelo atual secretário da Casa Civil do governo Wagner, Rui Costa, continua o diálogo para ter 12 partidos na base de sustentação do projeto e segue confiante na vitória. É o que garante o secretário estadual de Finanças do PT, Ivan Alex.

“Wagner iniciou esse processo de transição que a Bahia passa atualmente. Invertemos as prioridades, criamos políticas públicas e montamos um ambiente político democrático, com tolerância às opções. Agora caminhamos para a construção do programa de governo de Rui Costa, com a participação da população, para criar um projeto que continue modificando as vidas dos baianos”, afirma Alex que acompanha o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, em todos os eventos das plenárias participativas no interior do estado.

Para Ivan Alex, Rui Costa será eleito com uma forte aliança social e partidária contando, inclusive, com o apoio de setores que tradicionalmente fizeram oposição ao PT. “A aliança que Rui está montando é maior do que a de Wagner; é bom lembrar que o PR, que apoiou na eleição anterior outro candidato, na semana passada declarou apoio a Rui; o PTB, que apoiou outro candidato em 2010, está debatendo com Rui. Então a aliança política e social que Rui está montando é maior do que foi nas eleições de 2010”, declara o secretário de Finanças. Ainda segundo ele, não há dúvidas de que o PT ganha a eleição.

“Nossa chapa está praticamente montada, já tem o senador, só falta a vice e a oposição está desarticulada, toda hora é um prazo para fechar a chapa, ninguém sabe se vai ser Geddel, se vai ser Paulo Souto, está uma confusão do lado de lá”. Sobre a candidatura de Lídice da Mata, Ivan Alex diz que a caminhada dela é ao lado da esquerda, das forças populares, e sempre foi uma aliada do PT. “Por causa da candidatura de Eduardo Campos, Lídice é candidata, mas nós a tratamos com respeito por sua história e significado, inclusive o PT e o governador Jaques Wagner ajudaram no processo de conduzi-la ao Senado”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.