De virada, Vitória vence o Conquista e aumenta vantagem

Postado em mar 26 2014 - 11:00pm por Jornal da Chapada
vitória

Após perder clássico, rubro-negro segue com vantagem | FOTO: Meramente Ilustrativa |

Ainda não foi com uma atuação convincente, digna de uma equipe que foi a quinta melhor do país em 2013, mas foi o suficiente para aumentar a vantagem na briga e ficar cada vez mais perto da final. Fora de casa, o Vitória saiu atrás no placar, mas conseguiu a virada e venceu o Vitória da Conquista por 2 a 1, pela rodada de ida da semifinal do Baianão 2014. Sílvio abriu o placar para o Alviverde ainda no primeiro tempo. Ayrton e William Henrique, em uma bela jogada individual, garantiram o triunfo do Rubro-Negro.

Com o resultado, o Leão aumentou sua vantagem sobre o Bode. No jogo de volta, no próximo domingo (30), em Pituaçu, os comandados de Ney Franco poderão perder por até um gol de diferença para chegar à decisão. O triunfo também manteve o Vitória com boa vantagem para, em caso de classificação, decidir o título em casa e precisando de apenas dois resultados iguais para sagrar-se campeão.

O Jogo
O Vitória começou com uma postura diferente dos últimos jogos. Logo aos dois minutos, Hugo fez boa jogada pela ponta e cruzou na área. Antes de a bola chegar em Souza, a zaga afastou o perigo. Mas, o ímpeto do Rubro-Negro foi alarme falso. O sufoco começou aos 11 minutos. Paulo Victor Cruzou bola na área, a zaga ficou olhando e Tatu desviou para fora. Seis minutos depois, foi a vez de Índio assustar. O atacante pegou de primeira de fora da área e Wilson fez boa defesa.

O Leão só voltou a levar perigo ao gol do Conquista aos 26. Souza recebeu passe do lado da área, chutou cruzado e Augusto fez a defesa. Já aos 41, o Bode voltou a levar perigo. Índio deu lindo drible em Lucas Zen e rolou para Tatu, que chutou forte e acertou o travessão. Um minuto depois, a trave nem Wilson salvaram o Vitória. Após cobrança de escanteio, Sílvio subiu sozinho e desviou de cabeça para as redes.

Segundo Tempo
No segundo tempo, o Vitória não mudou a postura nos primeiros 14 minutos. Insatisfeito, Ney Franco fez a primeira mudança e colocou Mansur no lugar de Lucas Zen. Aos 21, o Leão chegou ao empate. Em jogada bem trabalhada do ataque, Dinei recebeu enfiada na direita, cruzou para trás e Ayrton chegou para completar para o gol. Cinco minutos depois, o técnico rubro-negro fez mais uma alteração. O estreante Souza deu lugar a William Henrique.

E dos pés do pica-pau, aos 32 minutos, o Vitória chegou à virada. Em uma bela jogada individual, William Henrique deixou quatro jogadores para trás e tocou no cantinho de Augusto, que nada pôde fazer. Após o gol, Ney Franco queimou sua última mudança, mas não recuou o time. O treinador tirou Dinei e promoveu a entrada de Alan Pinheiro. E o atacante chegou perto de marcar na primeira vez em que tocou na bola. Após passe de Juan, Alan chutou colocado da entrada da área e acertou a trave. Nos últimos minutos, o Leão ainda criou chances para aumentar o placar e a vantagem, mas não conseguiu concluir em gol. Extraído dos Galáticos OnLine.

Vitória da Conquista 1 x 2 Vitória
Campeonato Baiano – Semifinal Ida

Local: Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista
Data: 26 de março de 2014
Horário: 20h30
Arbitragem: Arilson Bispo da Anunciação, auxiliado por Elicarlos Franco de Oliveira e Djalma Silva Ferreira Júnior.
Gols: Sílvio (VTC); Ayrton, William Henrique (VIT)

Vitória da Conquista:
Augusto; Lorran (Fabinho), Mota, Sílvio e Paulo Victor; Edimar, Ramires, Moisés e Carlinhos (Candinho); Tatu e Índio (Elcimar). Técnico: Evandro Guimarães.

Vitória
Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Juan; Lucas Zen (Mansur), Cáceres e Hugo; Marquinhos, Dinei (Alan Pinheiro) e Souza (William Henrique). Técnico: Ney Franco.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.