Imóvel de 1625 sedia nesta sexta-feira a 3ª Bienal da Bahia

Postado em mar 27 2014 - 5:12pm por Jornal da Chapada

O prédio do Arquivo Público do Estado da Bahia ocupa a famosa Quinta dos Padres, originária de 1625 e tombada como monumento do Brasil desde 1949 | FOTO: Divulgação/Ipac |

O evento é uma iniciativa do governo estadual, através da Secretaria de Cultura (Secult), via convênio entre a Fundação Hansen Bahia e o Ipac. O Arquivo Público do Estado da Bahia (Apeb), que ocupa a famosa Quinta dos Padres, originária de 1625 e tombada como monumento do Brasil desde 1949, sedia nesta sexta-feira (28), a partir das 10h, o primeiro encontro do projeto Campo Gravitacional Arquivo e Ficção.

Integrando as ações da 3ª Bienal da Bahia, que será aberta em 29 de maio, o projeto com o Apeb coloca artistas convidados pela curadoria para produzir trabalhos para a bienal a partir dos documentos das bibliotecas. Participam arquivistas, bibliotecários, museólogos e estudantes dessas áreas.

A 3ª Bienal da Bahia é uma iniciativa do Estado, via Secretaria de Cultura (Secult), por meio de convênio entre a Fundação Hansen Bahia e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), sob a coordenação geral do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA). O Apeb é administrado pela Fundação Pedro Calmon (FPC), também vinculada à Secult.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.