Deputados baianos cassados pela ditadura têm mandatos devolvidos

Postado em mar 31 2014 - 1:19pm por Jornal da Chapada
mandato

Deputados cassados em 1964 e representantes | FOTO: Manu Dias |

Na data que marca os 50 anos do golpe militar de 1964, uma sessão especial na manhã desta segunda-feira (31) no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), no Centro Administrativo da Bahia, (CAB) devolveu simbolicamente os mandatos dos 13 deputados estaduais baianos cassados pela Ditadura Militar. Participaram da solenidade o governador Jaques Wagner, deputados estaduais, além dos parlamentares cujos mandatos foram devolvidos simbolicamente, acompanhados de amigos e familiares.

“Estamos escrevendo mais uma página da história, que é importante na medida que a perda desses mandatos não foi legítima e agora que podemos ter esse olhar 50 anos depois, acho importante o gesto da assembleia para que fique registrado para essas pessoas, perante a população que as elegeu, que elas deveriam ter concluído seus mandatos”, afirmou Wagner.

Na solenidade são devolvidos simbolicamente os mandatos dos deputados estaduais Diógenes Alves, cassado em 28/04/1964; Ênio Mendes de Carvalho, cassado em 28/04/1964; Sebastião Augusto de Souza Nery, cassado em 28/04/1964; Wilton Valença da Silva, cassado em 19/10/1966; Hamilton Saback Cohim, Arena, cassado em 13/03/1969; Luiz da Silva Sampaio, cassado em 01/07/1969; Marcelo Ferreira Duarte Guimarães, cassado em 13/03/1969; Osório Cardoso Villas Boas, cassado em 01/07/1969; Aristeu Nogueira, cassado em 19/10/1964; Luiz Leal, cassado em 01/07/1969; Octávio Rolim, cassado em 1964; Oldack Neves, cassado em março de 1969 e Padre Palmeira, cassado em 1964.

A restituição é resultado do projeto de resolução nº 2.210/2013, que restaura os mandatos dos deputados estaduais cassados entre 1964 e 1969. Também na Alba, a Comissão Especial da Verdade investiga as violações cometidas por agentes da ditadura militar sobre o parlamento baiano.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.