Temperatura alta e chuva fraca predominam em grande parte da Bahia no final de semana

Postado em abr 3 2014 - 10:10pm por Jornal da Chapada
chuva

Conforme a previsão do Inema, é maior a possibilidade de chuva nas regiões oeste e São Francisco | FOTO: Reprodução |

A permanência de uma massa de ar quente e seco continua reduzindo a nebulosidade e a chuva em grande parte da Bahia, conforme o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Mesmo com a atuação dessa massa de ar, o calor, típico do início do outono, somado à umidade vinda do Oceano Atlântico e da Amazônia, poderá contribuir para ocorrência de chuva fraca e isolada em algumas áreas do estado.

Conforme a previsão do Inema, é maior a possibilidade de chuva nas regiões oeste e São Francisco, onde o ar úmido vindo da Amazônia poderá trazer chuva fraca e isolada, principalmente no final da tarde e à noite. Na faixa centro-leste, que inclui as regiões do Recôncavo, sul, Chapada Diamantina e sudoeste, o principal sistema responsável pela ocorrência de chuva é a umidade vinda do Oceano Atlântico – a chuva mais significativa é esperada para o sul baiano.

Além de reduzir a chuva, a massa de ar deixa a temperatura elevada em praticamente todo o estado, com máxima variando entre 28°C (na Chapada Diamantina e sudoeste) e 35°C (norte, nordeste, oeste e São Francisco). Ainda assim, temperatura mais amena está prevista para algumas localidades, a exemplo das áreas serranas da Chapada e do sudoeste, onde a mínima poderá chegar a 18°C , principalmente na madrugada e primeiras horas da manhã.

Para Salvador e região metropolitana, onde a temperatura permanece elevada (com máxima de 33°C), também são os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico que deixam o céu parcialmente nublado a claro, com possibilidade de chuva fraca em áreas isoladas.

Maré
De sexta-feira a domingo (4 a 6), a maré deverá atingir altura máxima entre 06h30 e 08h30 e das 18h30 às 20h30, variando de 1,4 a 2,1 metros . Já a altura mínima deverá ocorrer entre 00h30 e 2h30 e das 12h30 às 14h30, com valores oscilando de 0,5 a 0,9 metro . As ondas previstas para esse período deverão ter agitação fraca, com altura máxima alcançando 1,5 metro.

Radiação Ultravioleta
O outono é uma estação de transição entre o verão (com temperatura elevada e chuva mais intensa e de curta duração) e o inverno (temperatura mais amena, chuva de fraca intensidade e maior durabilidade). Nas duas estações, os Índices de Radiação Ultravioleta (IUVs) são elevados, como pode ser observado no início do outono, a exemplo da previsão para o período desta sexta a domingo, quando deverão variar de 11 a 12.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estes índices estão classificados na categoria ‘extrema’, exigindo maior atenção quanto à exposição ao sol, principalmente das 10 às 16h. Para amenizar os danos à saúde, é recomendado uso de protetor/filtro solar, chapéu, boné, óculos escuros e roupa leve.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.