MP pede prisão preventiva e perda de mandato do prefeito de Feira de Santana

Postado em abr 7 2014 - 11:06pm por Jornal da Chapada
ronaldo

A ação penal contra José Ronaldo (DEM) foi assinada pela procuradora Sara Mandra Souza e a promotora Ana Rita Rodrigues | FOTO: Reprodução |

O Ministério Público Estadual pediu a prisão preventiva e perda do mandato do prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho (DEM). A ação penal, assinada pela procuradora Sara Mandra Souza e a promotora Ana Rita Rodrigues, é em decorrência da contratação do motorista aposentado por invalidez, Constatino Portugal dos Santos, que segundo o MPE, nunca exerceu o cargo, mas cujos vencimentos constaram na folha de pagamento durante dois anos.

Segundo o órgão estadual, entre 8 de novembro de 2005 e 7 de novembro de 2007 o aposentado recebeu um salário mínimo, como contrapartida pelo apoio político dado ao prefeito na época da campanha. Ainda de acordo com o MPE, o caso foi descoberto após a abertura de inquérito policial pela Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários da Polícia Federal, que encontrou o nome de Constatino no Cadastro Nacional de Informações Sociais, como servidor temporário da prefeitura, o que causou prejuízo de R$10.083,68 aos cofres públicos.

Em contato com o site Acorda Cidade, o secretário de Comunicação, Valdomiro Silva, informou que o prefeito ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas já foi ouvido pelo Ministério Público. Nas próximas horas, o prefeito deverá emitir uma nota pública para esclarecer o fato. As informações são do site Acorda Cidade.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.