Geilson diz que greve foi anunciada há mais de oito meses

Postado em abr 16 2014 - 8:03pm por Jornal da Chapada
geilson

O deputado estadual Carlos Geilson | FOTO: Divulgação |

“Não adianta quer dizer que a greve é política. Isso é fruto de muitas reivindicações não atendidas. E essa greve já vem sendo orquestrada há muito tempo e com o conhecimento das autoridades baianas. O governo que não se antecipou, não foi capaz de estabelecer um acordo para a prevenção de um problema anunciado”, afirmou o deputado estadual Carlos Geilson (PTN), em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia nesta quarta-feira (16).

O parlamentar lembrou que essa é uma greve anunciada, pois há mais de oito meses a PM vem demostrando insatisfação e discutindo com membros do governo em busca de um consenso. A categoria que reúne aproximadamente 34 mil profissionais no estado reivindica, principalmente, melhorias nos planos de carreira e de cargos e salários, acesso único ao quadro de oficiais, um Código de Ética, aposentadoria com 25 anos de serviço para a Polícia Feminina e aumento do efetivo.

O deputado ainda falou que espera que as partes envolvidas cheguem rápido a um consenso, pois a população baiana não aguenta mais ser prejudicada e sofrer com a insegurança. Geilson ainda parabenizou a atitude do prefeito de Salvador, ACM NETO, que está discutindo com as associações da PM-BA em busca de um acordo para ser apresentado ao governador.

“ACM Neto não está escondido, tem chamado pra si o problema. Ele não é aquele norteador das discussões, como é o governador do estado, mas como prefeito dessa capital, uma das maiores capitais do país, não poderia ficar omisso. Está certo em tentar buscar um entendimento. Espero que cheguemos a um denominador comum o quanto antes”, frisou o deputado Carlos Geilson.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.