Dilma exalta resposta de Daniel Alves contra ato racista: “Ousada e forte”

Postado em abr 28 2014 - 1:23pm por Jornal da Chapada
daniel

O jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira come a banana jogada em campo na sua direção | FOTO: Reprodução |

A manifestação racista da torcida do Villarreal contra o lateral Daniel Alves mobilizou até mesmo a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, que usou sua conta no Twitter nesta segunda-feira para declarar apoio ao jogador da seleção brasileira. A mandatária elogiou a ousadia do defensor do Barcelona e exaltou a campanha criada por Neymar para dar suporte a Daniel. “O jogador Daniel Alves deu uma resposta ousada e forte ao racismo no esporte. Diante de uma atitude que infelizmente tem se tornado comum nos estádios, Daniel Alves teve atitude. Em seu apoio, Neymar Jr. lançou a campanha #somostodosmacacos para mostrar que temos todos a mesma origem e que nada nos difere, a não ser a nossa tolerância com o outro”, disse.

Dilma ainda fez questão de garantir que o Brasil terá postura forte contra o preconceito dentro dos gramados durante a Copa do Mundo, em junho. “O Brasil, na Copa das Copas, levanta a bandeira do combate à discriminação racial. Vamos mostrar que nossa força, no futebol e na vida, vem da nossa diversidade étnica e dela nos orgulhamos”.

Banana pra dar e vender: famosos e fãs fazem #somostodosmacacos bombar

Daniel Alves mandou para escanteio o preconceito ao comer um banana atirada perto de si durante a vitória por 3 a 2 do Barcelona sobre o Villarreal, pelo Campeonato Espanhol. Pouco depois, o amigo e companheiro de time Neymar propôs, via redes sociais, aos torcedores que postassem fotos com banana juntamente com a hashtag #somostodosmacacos ou #weareallmonkeys (somos todos macacos em inglês).

leite

Cláudia Leite posta foto comendo banana | FOTO: Reprodução/Twitter |

A ideia foi comprada por famosos, anônimos, crianças e estrangeiros. Até Bruna Marquezine, ex de Neymar, aderiu à convocação do craque em seu Twitter. Não postou imagem alguma com bananas, mas estimulou fãs a fazerem. Como disse Braguinha em sua marchinha “Yes, nós temos bananas”, o povo brasileiro tem “banana pra dar e vender”, e elas foram dadas efusivamente ao racismo.

Nesta segunda-feira, a jogadora Marta e Sergio Aguero gravaram, em Milão, uma campanha mundial da Puma contra o racismo. Na união Brasil e Argentina, a dupla levantou a bandeira do “somos todos iguais” e também posou comendo banana. Textos extraídos do GloboEsporte.com.

familia

Luciano Huck e Angélica também lembram a ação de Daniel Alves | FOTO: Reprodução |

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.