Polícia Federal investiga empresa ligada ao deputado Luiz Argôlo

Postado em maio 14 2014 - 4:15pm por Jornal da Chapada
argolo

O parlamentar do SDD, Luiz Argôlo | FOTO: Reprodução |

A União Brasil Transporte também é foco da Operação 13 de Maio, deflagrada ontem pela Polícia Federal para investigar o desvio de R$70 milhões dos cofres públicos. A empresa é ligada ao deputado federal Luiz Argôlo (SDD-BA). Foi por meio da União Brasil que o parlamentar pediu que o doleiro Alberto Youssef fizesse um depósito no valor de R$ 50 mil. Sócios da empresa, os irmãos Edmilson e João Batista Ouais, são ligados a Argôlo.

João Batista deixou o comando da empresa em 2009 e foi contratado pelo parlamentar para trabalhar no gabinete, revela matéria da Folha. A Polícia Federal descobriu que João Batista mora numa casa no interior do Estado, é aposentado do INSS e vive da venda de cerveja, carvão e salgadinhos. A PF investiga a possibilidade de Argolo ser o verdadeiro dono da empresa. Do Bocão News com informações da Folha.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.