Prefeito deixa base aliada e afirma que Wagner não cumpre promessas

Postado em maio 14 2014 - 4:17pm por Jornal da Chapada
prefeito

O prefeito de São Gonçalo dos Campos, Antônio Dessa (PSD), conhecido como Furão | FOTO: Jornal Grande Bahia |

O governador Jaques Wagner enaltece sem cerimonias as suas características republicanas no atendimento aos prefeitos aliados ou adversários, contudo, a proximidade das eleições vai trazendo à luz algumas suspeitas que transitavam nos bastidores da política baiana: atende, é educado, mas não resolve. Na terça-feira (13), o prefeito de São Gonçalo dos Campos, Antônio Dessa (PSD), conhecido como Furão, anunciou o rompimento com o projeto político liderado pelo PT na Bahia. Ao ser questionado sobre as razões pelas quais estava deixando a base aliada, o gestor afirmou: olha, se eu fosse enumerar aqui passaríamos a noite inteira no telefone.

Saído do PMDB, Furão desembarcou no PSD a convite do vice-governador e candidato ao Senado Otto Alencar. Mesmo reconhecendo o tratamento dado pelo anfitrião no projeto, Furão foi enfático: não posso prestar contas à população com atenção do governador ou do vice-governador. As promessas não cumpridas, de acordo com prefeito, foram muitas. Citou três pavimentações fundamentais para o município localizado na região de Feira de Santana e distante 108 km da capital. A primeira é a da Avenida Arthur Magalhães que tiraria o tráfego pesado do centro da cidade.

A segunda pavimentação é a de acesso à cidade. A terceira, foi de uma via de aproximadamente um quilometro no distrito das Mercês, local onde residem cerca de quatro mil pessoas. Lamentou ainda o fato de ter construído um hospital municipal com custo de R$ 800 mil sem nenhum tipo da prometida ajuda do governo estadual.

Ao romper com o projeto político, Furão deixa claro que não apoiará a chapa majoritária liderada por Rui Costa (PT). No entanto, ainda não definiu o rumo. “Se eu te disser que já conversei com alguém estarei mentindo. Vou esperar alguém me procurar para depois decidir”. Mesmo não admitindo o caminho natural do atual prefeito de São Gonçalo é a oposição dada a sua antiga relação com lideranças peemedebistas. O prefeito não entrou no assunto, mas os boatos ganham força e tem mais gente saindo das asas governistas. Do Bocão News.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.