Mitos e verdades sobre a cirurgia bariátrica serão esclarecidos em evento aberto ao público

Postado em maio 21 2014 - 4:15pm por Jornal da Chapada
erivaldo

Doutor Erivaldo Alves é o atual diretor do NTCO | FOTO: Divulgação |

Quem nunca ouviu falar que pacientes que fazem cirurgia bariátrica voltam a engordar um ano após o pós-operatório? Ou que perde-se mais peso nos seis primeiros meses após a realização da cirurgia? Ou ainda que as mulheres que fazem redução de estômago não podem mais engravidar? Após a bariátrica muitos pacientes são acometidos pela depressão? Há uma série de mitos e verdades sobre a cirurgia bariátrica e uma boa oportunidade de esclarecer as dúvidas sobre o procedimento será a Reunião Mensal Multidisciplinar Pré-Operatório realizada pelo Núcleo de Tratamento de Cirurgia da Obesidade (NTCO).

A próxima edição do encontro acontecerá no dia 28 de maio, às 18h30, e é aberta para pacientes que vão passar pelo procedimento ou desejam realizar a cirurgia. O evento será realizado na Avenida ACM, Edifício Empresarial Thomé de Souza, 5º andar, nº 3244, Caminho das Árvores. Informações e inscrições podem ser feitas através dos números (71) 3235-1962 ou 3235-1342.

Além de a equipe multidisciplinar esclarecer as dúvidas dos pacientes, o evento contará também com uma palestra do cirurgião bariátrico e diretor do NTCO, Erivaldo Alves. “Promovemos esse encontro porque é uma oportunidade que o paciente tem de tirar todas as dúvidas sobre o procedimento e de estar em contato com profissionais de diversas áreas de uma só vez e que são fundamentais antes, durante e depois da realização da cirurgia”, diz Erivaldo Alves.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, há atualmente 30 milhões de pessoas obesas no Brasil e 95 milhões com excesso de peso. O país ocupa o segundo lugar no mundo no ranking da cirurgia bariátrica, ficando atrás apenas dos EUA. Cerca de 40 mil pessoas são submetidas anualmente no país à cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como cirurgia de redução de estômago.

Segundo o médico Erivaldo Alves, apesar de ser bastante segura, a cirurgia bariátrica apresenta riscos como qualquer procedimento cirúrgico. “Cada caso precisa ser avaliado cuidadosamente. A análise do paciente envolve vários exames clínicos e laboratoriais. É importante que o paciente esteja bem informado sobre o procedimento, o pré e o pós-operatório e os hábitos que terá que adotar após a cirurgia”, esclarece Erivaldo Alves.

Sobre o NTCO

Com doze anos de fundado, o Núcleo de Tratamento e Cirurgia da Obesidade (NTCO) atua no tratamento clínico e cirúrgico da obesidade e suas comorbidades. O NTCO conta com equipe multidisciplinar com cirurgiões, endocrinologias, nutricionista, psicólogo, pneumologista, fonoaudiólogo, educador físico e fisioterapeuta, oferecendo todo suporte necessário para uma abordagem integral do paciente. A clínica conta também com serviço de estética com profissional qualificado em dermatologia estética.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.