Paulo Souto diz que governo demora a integrar comunicação da polícia

Postado em maio 22 2014 - 10:04am por Jornal da Chapada
souto

O pré-candidato ao governo pelo DEM, Paulo Souto | FOTO: Reprodução |

A lentidão na instalação dos 22 centros integrados de comunicação da polícia no interior do estado (Cicom) serviu de exemplo ao pré-candidato oposicionista a governador, Paulo Souto (DEM), para demonstrar a falta de prioridade da segurança pública no atual governo do estado. “Depois de sete anos, o atual governo só veio inaugurar o 9° centro de comunicação da polícia esta semana, quando todos os equipamentos necessários à instalação dos 22 Cicoms já estavam disponíveis desde maio de 2007”, disse Souto, em entrevista a Uziel Bueno, no programa Brasil Urgente, na TV Band, na tarde desta quarta-feira (21).

O pré-candidato da oposição lembrou que os equipamentos foram adquiridos quando ele ainda era governador em 2006. Chegaram em 2007, na gestão do atual governador, e permaneceram encaixotados por vários anos. “Só depois de inúmeras denúncias feitas pela oposição foi que eles resolveram iniciar a instalação dos Cicoms”, assinalou. Para Paulo Souto, a instalação dos 22 centros integrados de comunicação da polícia no interior do estado daria grande agilidade e rapidez nas ações contra os criminosos. “Com certeza, a maior eficiência das operações policiais reduziria boa parte dos crimes que ocorrem e colocam a Bahia na triste condição de estado onde mais cresce o índice de homicídios no país”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.