Parlamentar do PTN protesta contra a suspensão do Prohabit

Postado em maio 26 2014 - 4:42pm por Jornal da Chapada
geilson

Carlos Geilson diz que a Conder suspendeu financiamento habitacional dos servidores públicos | FOTO: Divulgação/Assessoria |

“Será que quebraram também a Conder?”, questionou o deputado estadual Carlos Geilson (PTN) na Tribuna nesta segunda-feira (26) ao falar sobre a suspensão sem aviso prévio do serviço de financiamento do Programa Habitacional do Servidor Público (Prohabit), da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder).

De acordo com o parlamentar, a desculpa do governo do estado é insatisfatória. “Eles estão alegando que estão descapitalizados, mas como isso, se os descontos são feitos diretamente no contracheque, ou seja, não há inadimplência? Tá estranha essa conversa. E porque não avisaram aos funcionários que aconteceria essa suspensão? Deixar eles serem pegos de supresa é no minímo desrespeitoso”, criticou Geilson. Em nota a Conder afirmou que em virtude do número significativo de adesões dos servidores ao Prohabit, estão sendo realizados ajustes orçamentários.

A suspensão do financiamento pegou vários servidores de surpresa exatamente no período em que a Caixa Econômica Federal está realizando agora em maio e junho mais um grande feirão de imóveis. De acordo com Geilson, a Conder precisa se explicar melhor a respeito desse acontecido. “O servidor estadual não pode ficar privado desse financiamento que a Conder oferecia há anos, beneficiando centenas e centenas de famílias. E vale salientar que o governo estadual não está fazendo nenhum favor, porque o financiamento é com dinheiro público e o servidor tem que pagar”, sinalizou Geilson.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.