Rodoviários aceitam proposta de reajuste de 9% do salário e acabam com greve em Salvador

Postado em maio 28 2014 - 1:59pm por Jornal da Chapada
greve

A categoria pedia um aumento de 15% mais R$17 em ticket alimentação e a redução na jornada de trabalho para 6h20, com acréscimo de 1h para descanso | FOTO: Reprodução/iBahia |

O vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo, confirmou o fim da greve dos rodoviários em Salvador. Segundo Fábio, a categoria aceitou a proposta de reajuste de 9% mais o valor de R$14 em ticket alimentação e a redução de jornada de trabalho para 6h40 mais 20 minutos de descanso. Além disso, a prefeitura garantiu o pagamento da gratificação do Carnaval. Fábio acrescentou que a expectativa é colocar 100% dos coletivos nas ruas ainda nesta quarta. Na manhã desta quarta-feira (28), representantes do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Salvador (Setps) se reuniram com o prefeito ACM Neto e com representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Secretaria Municipal de Urbanismo e Transportes para discutir propostas para o fim da greve dos rodoviários em Salvador.

Os rodoviários pediam um aumento de 15% mais R$17 em ticket alimentação e a redução na jornada de trabalho para 6h20, com acréscimo de 1h para descanso. Nesta terça-feira (27), o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, garantiu disponibilizar a Polícia Militar para escoltar os motoristas de ônibus que não aderiram ao movimento grevista, no entanto, muitos trabalhadores decidiram não circular na manhã desta quarta. Na segunda-feira (26), o TRT determinou que uma frota mínima com 70% dos ônibus circule por Salvador nos horários de picos. Caso a decisão não seja cumprida, o sindicato da categoria deverá pagar multa diária de R$ 100 mil. Matéria extraída do iBahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.