Situação dos incêndios florestais na Chapada Diamantina será apurada pelos Ministérios Públicos

Postado em nov 20 2015 - 3:37pm por Jornal da Chapada
foto5

Fogo atingiu áreas protegidas e unidades de conservação | FOTO: Portal Chapada |

Um inquérito civil público para apurar as responsabilidades e as providências adotadas tanto pela União quanto pelo Estado em relação ao incêndio que consome parte da Chapada Diamantina foi aberto na última segunda-feira (16), pelo Ministério Público do Estado da Bahia e Ministério Público Federal. Parte de áreas do Parque Nacional da Chapada Diamantina, pertencentes à União, e de parques municipais, unidades de conservação e outras áreas especialmente protegidas estão sendo atingidas pelo fogo.

Leia também:
Chapada: Mucugê consegue controlar dois dos três focos de incêndios da região
Combates aos focos de incêndios na Chapada Diamantina são intensificados; confira avanços
MPF vai investigar incêndios florestais que destroem a Chapada Diamantina
Massa de ar quente volta a ganhar força e diminui a nebulosidade e chance de chuvas na Chapada

Os Ministérios Públicos, por meio do promotor de Justiça regional ambiental Augusto César Matos e do procurador da República Márcio Albuquerque de Castro, conduzem o procedimento conjunto, que vem colhendo provas e elementos para embasar a tomada de medidas extrajudiciais e judiciais relativas ao caso. Eles também participam das reuniões do Comando de Operações, em Lençóis, mantendo contato com as equipes de brigadas e os representantes dos seis municípios atingidos, em esforço conjunto para combater as dezenas de focos de incêndios na região.

Leia também:
Incêndio no Vale do Capão preocupa combatentes; ICMBio segue atuando em três focos
Fogo na Chapada: Aeronave da FAB lança 48 mil litros de água em Mucugê e Morro Branco
Incêndios criminosos são debelados na Chapada Diamantina, diz governo

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

10 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.