Chapada: Lajedinho tem situação de emergência homologada pelo governo estadual

JC
Postado em abr 7 2017 - 9:41am por Jornal da Chapada
foto5

Lajedinho tem, portanto, dois decretos por situações adversas, de seca e de chuva | FOTO: Reprodução/Edmundo Carvalho |

O decreto de situação de emergência do município de Lajedinho, na Chapada Diamantina, foi homologado pelo governo estadual na última quinta-feira (6). Válido por 180 dias, o decreto se deu por conta do estrago causado pelas chuvas que caíram no fim de semana passado e deixaram mais de 100 famílias desabrigadas. A homologação da situação de emergência permite que a prefeitura solicite apoio para ações de socorro e assistência à população, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas atingidas.

Esse decreto está sob análise também do governo federal e espera homologação do Ministério da Integração. No dia 2 de fevereiro, o Ministério reconheceu um decreto de emergência da prefeitura de Lajedinho, mas por conta da seca. O decreto vale até o dia 10 de julho. A cidade baiana tem, portanto, dois decretos por situações adversas, de seca e de chuva. Conforme o coordenador da Defesa Civil da cidade, Edmundo Carvalho, a forte chuva se concentrou apenas na zona urbana do município. A zona rural, segundo Carvalho, sofre com uma estiagem prolongada.

Também na quinta, policiais militares e moradores da cidade de Ruy Barbosa, que se comoveram com a situação das famílias, levaram doações para os moradores que foram atingidos pelo temporal do dia 1º de março. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), alimentos, roupas, água e outros materiais foram entregues pela Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada). Jornal da Chapada com informações do G1BA.

Leia também
Chapada: Repasse de verbas para construção de canal em Lajedinho não foi completado
Chapada: Lajedinho tem decreto de emergência por estiagem reconhecido pelo Estado

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.