Feriado é motivo para curtir as belezas da Chapada Diamantina; saiba mais aqui

JC
Postado em abr 20 2017 - 6:46pm por Jornal da Chapada
mucugê

O município de Mucugê, por si só, já é um dos atrativos da região | FOTO: Reprodução/Jotas Freitas |

O feriado de Tiradentes que acontece nesta sexta-feira (21) é um ótimo motivo para quem quer curtir as belezas da Chapada Diamantina. Os amantes de natureza têm muitas possibilidades, principalmente partindo do Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD), que é formado por 152 mil hectares de preservação ambiental. O PNCD é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação Ambiental (ICMBio), e é um dos maiores parques de preservação do país fora da região Amazônica.

A Chapada Diamantina é um dos principais destinos ecoturísticos do país, tendo, também, grande repercussão no turismo internacional. Parte desse poder de atração da região se deve aos seus cânions, montanhas, cachoeiras, cavernas e as chapadas, propriamente ditas. Muitos procuram a região para praticar esportes como escaladas, off-road, rapel, mountain bike, tirolesa, rafting, bungee-jump, cavejump e caiaque em cartões-postais da Chapada, como o Morro do Camelo e a Cachoeira do Buracão.

foto5

Mirante do Vale do Pati encanta turistas e visitantes de todo o mundo | FOTO: Reprodução/Zan Mídia Aérea |

Os sítios históricos que foram quilombos atraem turistas interessados em conhecer pratos típicos e festas populares. Já artistas plásticos, esotéricos e pessoas que buscam “contatos imediatos” com extraterrestres também visitam locais em cidades como Mucugê. Essa cidade, inclusive, é tombada como patrimônio nacional pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e foi construída nas margens da Serra do Sincorá.

O seu principal destaque é o Parque Municipal de Mucugê, onde está localizado o Parque Sempre-Viva, projeto bem-sucedido de educação e preservação ambiental, além do Museu Vivo do Garimpo. Outro local bastante procurado é Igatu, distrito que pertence ao município de Andaraí e fica localizado entre a sede e Mucugê.

Esse vilarejo também é tombado como patrimônio nacional e possui diversos atrativos especiais, como a Galeria Arte e Memória, um museu a céu aberto, que guarda utensílios do garimpo e dos escravos, e as seis cachoeiras ao seu redor, ideais para a prática do trekking e da escalada. Além de ser um dos locais por onde passa a famosa Estrada Real.

cachoeira

Cachoeirão por baixo é uma das trilhas mais procuradas para quem vai ao Vale do Pati | FOTO: Reprodução/Edwilson Ramos |

O Vale do Pati está entre os pontos altos da Chapada. A maioria dos turistas que já fez o percurso de sua trilha afirma que é um dos melhores e mais bonitos roteiros da Chapada Diamantina. Esse vale fica no meio do Parque Nacional da Chapada, entre os municípios de Andaraí e Mucugê, e possui três vias principais de acesso para começo e término da travessia: Vale do Capão, Guiné e Andaraí.

Este trekking se caracteriza por caminhadas em extensas áreas planas, com alguns momentos de subidas e descidas íngremes e passagens por leitos de rios. A cada instante o trilheiro se depara com morros deslumbrantes e enormes, rios magníficos, cachoeiras exuberantes que fazem compreender e admirar a magnitude da natureza local. Aproveite o feriadão na Chapada Diamantina.

Jornal da Chapada

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.