Chapada: Mucugê começa preparação para receber turistas nos festejos juninos

JC
Postado em maio 17 2017 - 5:38pm por Jornal da Chapada
foto

A cidade fica ornamentada para receber visitantes de diferentes partes do mundo que chegam à Chapada Diamantina para o São João | FOTO: Divulgação/Prefeitura de Mucugê |

A cidade de Mucugê, na Chapada Diamantina, tem tradição de manter o forró pé-de-serra como grande atração do seu São João. Este ano não será diferente e a expectativa é que muitos turistas peguem esse rumo. De acordo com a Secretaria de Cultura, Turismo e Meio Ambiente da cidade, os 20 hotéis de Mucugê já estão com 100% das reservas agendadas para a época, mesmo sem a divulgação da programação oficial do São João 2017, que deve acontecer nos dias 22, 23, 24 e 25 de junho. “A procura é maior porque a festa consegue ser tradicional. Teremos alvorada, quadrilhas, sanfoneiros e brincadeiras como pau de fita e no dia que não tiver isso, a gente ‘mata’ a festa”, disse o secretário de Turismo Euvaldo Ribeiro.

Mucugê é uma típica cidade do interior baiano que possui casas coloniais, com ruas arborizadas e praças floridas, que durante o São João, ganham decorações juninas. O município, segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), recebe cerca de cinco mil pessoas no São João. Além do forró tradição, as pessoas que vão à cidade baiana têm a opção de fazer passeios turísticos em trilhas, parques e cachoeiras. A busca pela visitação à cidade é tão grande que, desde o ano passado, 90% dos hotéis já estavam com ocupação completa para o São João. O restante das vagas foi reservado no início deste ano.

Leia também
Chapada: Mostra Cine Diamantina leva mais de 60 filmes para Andaraí, Mucugê e Palmeiras
Mucugê se garante como importante destino turístico da Chapada Diamantina
Chapada: Estudos para implementação da barragem de Casa Branca em Mucugê já foram iniciados

mucugê

A visitação ao Cemitério Bizantino, que fica na beira da BA-142, também é gratuito | FOTO: Reprodução/Bahiatursa |

Trilhas
Mucugê tem diversas atrações para os visitantes. É uma cidade que oferece pontos turísticos para serem explorados durante todo o ano, inclusive no São João. A cidade revela um grande patrimônio natural, sendo mais da metade do território coberto pelo Parque Nacional da Chapada Diamantina, onde são encontradas inúmeras cachoeiras, rios e uma rica fauna e flora.

Algumas visitações podem ser feitas pelos turistas sozinhos, mas é bom que a pessoa que não conhece a cidade contrate um guia. O passeio para Quênion da Cachoeira do Funil é gratuito, por exemplo. O valor gasto é apenas com o guia, e custa a partir de R$ 35. Valor semelhante para as cachoeiras da Matinha e do Cardoso. A visitação ao Cemitério Bizantino, que fica na beira da BA-142, também é gratuito.

O local possui uma sequência de lápides brancas, que imitam pequenas igrejas góticas. As construções são do começo do século 19. Já o Parque Sempre Viva fica no km 92, também da BA-142. A outra opção de visitação no local é o Museu Vivo do Garimpo, que fica no km 93,5 da BA-142. Estes dois últimos possuem a taxa de visitação. Jornal da Chapada com informações de G1BA.

Leia também
Chapada: Mucugê sedia etapa do Brasileiro de Mountain Bike no mês de setembro
Chapada: Corrida em trilha é disputada em Mucugê no mês de novembro; inscrições abertas

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.