Chapada: MP deflagra ‘Operação Hotel Fantasma’ e cumpre cinco mandados em Iraquara

Postado em jul 11 2017 - 3:05pm por Jornal da Chapada
CAPA

Os ex-servidores na gestão de Landualdo Barros Junior pagavam ‘diárias fantasmas’ para pessoas que nunca se hospedaram no Hotel Poço Azul | FOTO: Reprodução |

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) deflagrou, na manhã desta terça-feira (11), a ‘Operação Hotel Fantasma”, que investiga fraudes no pagamento de diárias no Hotel Poço Azul por parte do ex-prefeito de Iraquara, Landualdo Barros Freitas Junior (PSB), e de ex-secretários do município. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão na casa do ex-prefeito, no hotel e nas casas de ex-secretários, onde foram apreendidos documentos, computadores, notebooks e aproximadamente R$ 40 mil em espécie.

A operação, que foi realizada pelos promotores de Justiça Maria Anita Araruna Correa, Ana Carolina Tavares de Oliveira, Áviner Rocha Santos, Bruno Pinto e Silva, Romeu Gonsalves Coelho e Vera Leilane Mota de Souza, investiga possíveis práticas de crimes de peculato, associação criminosa e lavagem de dinheiro por parte de ex-funcionários públicos do município.

Conforme o MP-BA, os ex-servidores pagavam ‘diárias fantasmas’ para pessoas que nunca se hospedaram no Hotel Poço Azul, localizado na Rodovia Ba-122, Km 27, do município de Iraquara. Os mandados foram deferidos pela juíza Martha Carneiro Terrin e Souza. A operação contou com o apoio do Centro de Apoio Operacional Criminal do MP (Caocrim), e das Polícias Civil e Militar. Com informações do MP-BA.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.