#Polêmica: Confira como cada deputado baiano votou sobre a denúncia de corrupção contra Temer

Postado em ago 2 2017 - 11:06pm por Jornal da Chapada
temer

Os parlamentares Valmir Assunção (PT) e Jutahy Magalhães Junior (PSDB) votaram a favor do recebimento da denúncia da PGR contra o presidente Temer; já Caca Leão (PP) e Jonga Bacelar (PR) foram contra o recebimento | FOTO: Montagem do JC |

A votação pela admissibilidade ou não da denúncia de corrupção passiva e lavagem de dinheiro contra o presidente Michel Temer (PMDB) contou com 21 votos a favor do recebimento entre os 39 deputados federais baianos, durante sessão nesta quarta-feira (2), na Câmara Federal. Essa denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Temer foi rejeitada com 263 votos a favor e 227 contrários (veja aqui).

Contra o recebimento e a favor do presidente votaram 17 parlamentares. O deputado Ronaldo Carletto (PP) foi o único que se ausentou da votação. Votaram contra Temer Afonso Florence (PT), Alice Portugal (PCdoB), Antonio Brito (PSD), Bacelar (PODEMOS), Bebeto (PSB), Caetano (PT), Daniel Almeida (PCdoB), Félix Mendonça Júnior (PDT), Fernando Torres (PSD), Irmão Lazaro (PSC), João Gualberto (PSDB), Jorge Solla (PT), José Nunes (PSD), Josias Gomes (PT), Jutahy Junior (PSDB), Nelson Pellegrino (PT), Paulo Magalhães (PSD), Sérgio Brito (PSD), Uldurico Junior (PV), Valmir Assunção (PT) e Waldenor Pereira (PT).

Votaram a favor do presidente os deputados Antonio Imbassahy (PSDB), Arthur Oliveira Maia (PPS), Benito Gama (PTB), Cacá Leão (PP), Claudio Cajado (DEM), Elmar Nascimento (DEM), Erivelton Santana (PEN), João Carlos Bacelar – Jonga (PR), José Carlos Aleluia (DEM), José Carlos Araújo (PR), José Rocha (PR), Lucio Vieira Lima (PMDB), Márcio Marinho (PRB), Mário Negromonte Jr. (PP), Pastor Luciano Braga (PRB), Paulo Azi (DEM) e Roberto Britto (PP). Ronaldo Carletto (PP), embora estivesse na Casa, não compareceu à votação.

Os deputados da oposição deixaram o plenário da Câmara em um protesto com gritos de palavras de ordem contra o presidente Michel Temer que comemora o arquivamento do processo da Procuradoria-Geral da República. Manifestantes gritam “Fora Temer”, “Diretas Já” e “O povo quer voltar”. Após a ‘vitória’, o presidente Michel Temer se pronunciou. “A Câmara dos Deputados, que representa o povo brasileiro, manifestou-se de forma clara e incontestável. A decisão soberana do parlamento não é uma vitória pessoal de quem quer que seja, mas é uma conquista do estado democrático de direito, da força das instituições e da Constituição”, afirmou o presidente.

Jornal da Chapada

Assista a sessão

Veja abaixo a lista, por estados, de quantos votos ajudaram o presidente Michel Temer e quantos sugeriam seu afastamento:
São Paulo: 29 votos favoráveis a Temer e 39 contrários; 2 abstenção
Rio de Janeiro: 20 votos favoráveis a Temer e 23 contrários; 3 abstenções
Espírito Santo: 2 votos favoráveis a Temer e 8 contrários
Minas Gerais: 33 votos favoráveis a Temer e 18 contrários; 2 abstenção
Maranhão: 11 votos favoráveis a Temer e 7 contrários
Ceará: 9 votos favoráveis a Temer e 11 contrários; 2 abstenções
Piauí: 6 votos favoráveis a Temer e 3 contrários; 1 abstenção
Rio Grande do Norte: 5 votos favoráveis a Temer e 3 contrários
Bahia: 17 votos favoráveis a Temer e 21 contrários; 1 abstenção
Paraíba: 6 votos favoráveis a Temer e 5 contrários; 1 abstenção
Pernambuco: 13 votos favoráveis a Temer e 11 contrários; 1 abstenção
Alagoas: 2 votos favoráveis a Temer e 6 contrários
Sergipe: 4 votos favoráveis a Temer e 4 contrários; 1 abstenção

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

2 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.