#Polêmica: Deputado que tatuou nome de Temer recebeu R$ 7 milhões em emendas

JC
Postado em ago 2 2017 - 12:49pm por Jornal da Chapada
capa

O parlamentar paraense ficou conhecido nos últimos dias por tatuar o nome do presidente Michel Temer no ombro | FOTO: Reprodução |

Um levantamento feito pelo Contas Abertas, uma organização não governamental fundada em 2005, mostra que deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) recebeu R$ 6,9 milhões em emendas parlamentares de janeiro deste ano até o dia 24 de julho. O parlamentar paraense ficou conhecido nos últimos dias por tatuar o nome do presidente Michel Temer no ombro. O gesto de Costa teria sido para expressar seu apoio ao peemedebista na votação da denúncia que o presidente enfrentará nesta quarta-feira (2) no plenário da Câmara dos Deputados.

A tatuagem, segundo ele, foi finalizada na última sexta (28) e custou R$1,2 mil em seis vezes no cartão. “Cada um com suas paixões. Não tem gente que tatua Che Guevara, Fidel Castro, o presidente da Coreia? Todos falsos socialistas usando (relógio da marca) Rolex?”, afirmou na ocasião.

“Sou admirador nato (de Temer), sou amigo dele há quase 16 anos. Nesse momento, que tentam derrubar ele a qualquer custo, é minha forma de mostrar que parceiro que é parceiro derrama até a última gota de sangue”, disse o congressista, conforme publicação do Portal UOL. Do total recebido em emendas, R$ 4,8 milhões foram destinadas a ação de apoio ao desenvolvimento sustentável de territórios rurais, visando, entre outras questões, a melhoria da qualidade de vida dos agricultores familiares. As informações são do Portal UOL com redação do Bocão News.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.