Chapada: Uma das primeiras boates da região será reinaugurada no mês de setembro em Palmeiras

Postado em ago 21 2017 - 1:26pm por Jornal da Chapada
boate

A reabertura da boate acontece no dia 16 de setembro e deve manter as lembranças da época vivas na região | FOTO: Divulgação |

A Boate Espacial, aberta na década de 70 em Palmeiras, na Chapada Diamantina, tem sua reinauguração marcada para o dia 16 de setembro. O atual proprietário, Carlos de Andrade (Quiaque), e sua filha Bárbara de Andrade, mais conhecida como Dj Babita, se uniram a amigos e ao prefeito Ricardo Guimarães (PSD), para dar início a reabertura da boate. A DJ Babita é a terceira geração da Boate Espacial e conversou com o Jornal da Chapada.

“A música tem uma influência muito forte sobre a minha vida, o meu pai e a boate são as referências que me ligam a ela. Quando se trata das lembranças mais vivas de minha infância e adolescência, a primeira coisa que eu penso é a boate e de como era Palmeiras quando ela estava funcionando” disse.

Segundo Babita, ela foi contra o fechamento do local. “Além de ser uma das opções de lazer dos moradores, a boate também atraia muitos visitantes. Sei que vivemos novos tempos, mas acredito que é necessário trazê-la de volta e dar continuidade ao trabalho do meu tio-avô e meu pai”, afirmou Bárbara.

Imagens históricas da boate

Este slideshow necessita de JavaScript.

A história
Em 1972 um grupo de amigos integrado por Manuel De Andrade, mais conhecido como Bibi, Augusto Belo, Carlos Lopes, Everaldo Proença, Roberto Tadeu, e Nilson Nascimento inauguraram a primeira boate da Chapada Diamantina denominada inicialmente como Boate Oxumaré. Alguns tempos depois, por ser localizada no andar de cima de um prédio, passou a se chamar Boate Espacial.

Jovens garimpeiros e moradores de cidades vizinhas começaram a frequentar semanalmente Palmeiras. As décadas de 70 e 80 foram o auge da Boate. Durante 14 anos Bibi junto com os sobrinhos, Lorivaldo, Evangivaldo e Carlos (Quiaque) ficaram responsáveis pelo o seu funcionamento.

Em 1986 Bibi sofreu um infarto e Carlos de Andrade (Quiaque), assumiu a Boate. O local foi cenário de muitas histórias, formou grandes amizades, e uniu casais que estão juntos até o dia de hoje. Na madrugada do dia 19 de dezembro de 2002 um incêndio fechou as suas portas. Mesmo assim Quiaque deu continuidade a danceteria em outro local que durou até 2013.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.