#Polêmica: Prefeitos do PMDB podem deixar partido com prisão de Geddel e migrar para base de Rui

Postado em set 10 2017 - 11:27am por Jornal da Chapada
otto e wagner

O senador Otto Alencar e o ex-governador da Bahia Jaques Wagner são articuladores para levar gestores descontentes para a base de Rui Costa | FOTO: Reprodução |

Deu na coluna Satélite, do jornal Correio, deste domingo (10), que prefeitos do PMDB estão com conversas bem adiantadas para deixar o partido e migrar para a base do governador Rui Costa (PT). Atualmente na oposição, o PMDB teve seu líder maior na Bahia preso esta semana pela PF em Salvador, acusado de manter R$51 milhões escondido em apartamento na capital.

Conforme informações, aliados políticos de Rui Costa iniciaram articulações para tentar atrair os prefeitos do PMDB. O movimento seria conduzido pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner (PT), que tirou licença recente devido a uma cirurgia nos olhos, e pelo senador Otto Alencar (PSD).

Os prefeitos de Valença, Ricardo Moura, e Ituberá, Iramar Braga, são exemplos de gestores que estariam com conversas avançadas com a base petista. De acordo com a coluna, os articuladores de Rui Costa também estão abordando lideranças peemedebistas sem mandato eletivo, como o ex-prefeito de Chorrochó Julio Lóssio. Jornal da Chapada com informações de Jairo Costa Jr.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.