Jornal da Chapada

Mundo: Ator morre após gravar cena de morte para novela na Jordânia

Mahmoud al-Sawalqa: “acho que realmente vou morrer” – Reprodução/Twitter/RaEdQaQish |

Um episódio ocorrido no início da semana na Jordânia é uma prova de que a vida imita a arte. Ou melhor, neste caso, foi a morte que representou a ficção. Um ator da Jordânia morreu logo depois de gravar uma cena de morte para a novela “Irmãos de Sangue”, de acordo com o site “Alarabiya”. Mahmoud al-Sawalqa tinha 55 anos e era famoso na Jordânia por representar beduínos, árabes nômades que vivem no deserto.

O ator Mundhir Rihane que contracenava com Mahmoud disse que o homem pressentiu a morte. “Ele disse: ‘acho que realmente vou morrer'”. Pouco antes, Mahmoud havia pedido ao colega que o enterrasse com as próprias mãos caso o pressentimento dele se confirmasse. As causas da morte de Mahmoud ainda estão sendo apuradas. Texto de Ana Clara Otoni para o PageNotFound.

Pular para a barra de ferramentas