Jornal da Chapada

População da Chapada quer universidade, delegacia da mulher e Samu no plano de governo do PT

Plenária do Plano de Governo Participativo no município de Seabra com membros dos partidos aliados | FOTO: Tássio Brito |

Neste domingo (18) foi a vez dos territórios Piemonte do Paraguaçu e Chapada Diamantina apresentarem suas propostas para o Plano de Governo Participativo (PGP) 2014 do pré-candidato ao governo da Bahia, Rui Costa (PT). Em plenária no município de Seabra, na Arena Clube e Eventos, o grupo de trabalho dos dois territórios apresentaram algumas demandas debatidas nas regiões, como a implantação da Universidade Federal da Chapada, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Regional, da Delegacia Especial da Mulher (Deam) e da Escola de Formação da Terra. O evento contou com a participação de militantes petistas, representantes dos partidos da base aliada, além dos pré-candidatos Rui Costa (governador), João Leão (vice-governador) e Otto Alencar (senador).

Representantes da Força do Semiárido participam da plenária do PGP de Rui Costa em Seabra | FOTO: Tássio Brito |

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), que tem bases políticas na Chapada Diamantina, enviou representantes do movimento “Força do Semiárido”, liderado pelo petista Mário Jacó, e destacou a criação da universidade e a implantação da Deam como ações fundamentais para a continuação das atividades de desenvolvimento regional. “Já existe um projeto em andamento no Congresso, mas a determinação tem de vir do governo federal para que seja instalada a Universidade Federal da Chapada Diamantina. Isso será reforçado com Rui Costa governador. As iniciativas de empoderamento da mulher também são importantes, o pedido de uma delegacia especial para tratar da violação dos direitos reflete a preocupação da população com esse tema”, ressalta Valmir, lembrando que a demanda da Escola de Formação da Terra auxilia na formação de assentados de reforma agrária.

Pular para a barra de ferramentas