Jornal da Chapada

Mike Tyson revela que foi abusado sexualmente aos sete anos: “não me sinto humilhado”

O homem que cometeu o crime era um desconhecido. “Ele me pegou na rua. Eu era um garotinho”, disse o ex-pugilista | FOTO: Reprodução/AFP |

O ex-pugilista Mike Tyson revelou durante uma entrevista que foi abusado sexualmente, quanto tinha somente sete anos. Traumatizado com o acontecido, ele não contou a ninguém nem registrou queixa na polícia. O homem que cometeu o crime era um desconhecido. “Ele me pegou na rua. Eu era um garotinho… Ele era um homem mais velho. Ele me intimidou, abusou sexualmente de mim, essas coisas. Nunca mais o vi”, disse o lutador durante o programa Opie Radio, na emissora americana Sirius XM. “Eu segui em frente com a minha vida. Não sei se isso mudou algo em mim ou não. Às vezes eu me lembro, às vezes não. Mas não me sinto humilhado ou envergonhado de falar sobre isso”, garantiu Tyson.

A infância do ex-pugilista foi bastante conturbada. Ele cresceu sem uma figura masculina dentro de casa – o pai biológico de Tyson não tinha muito contato com os familiares, e ele também nunca conheceu o homem que constava como pai em sua certidão de nascimento. A mãe dele também perdeu o emprego na mesma época em que ele foi abusado, e a família passou por diversas dificuldades financeiras. Por conta disto, o ex-pugilista começou a praticar pequenos crimes para ajudar no sustento de casa. Do site Correio 24h.

Pular para a barra de ferramentas