Jornal da Chapada

Catedral Basílica de Salvador será restaurada no início de 2015, diz Iphan

Catedral Basílica de Salvador | FOTO: Divulgaçaõ / Flicker|

A Catedral Basílica de Salvador, que possui um acervo histórico considerado como um dos monumentos barrocos mais importantes do Centro Histórico da capital baiana, será restaurada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a partir do primeiro trimestre de 2015. A informação foi divulgada pelo Instituto nesta terça-feira (25). A intervenção contemplará com a execução de obras de restauro dos bens integrados e das imagens de Arte Sacra, guardadas no interior da igreja, além de requalificar os espaços internos.

Também serão feitos serviços para assegurar a conservação do monumento, a exemplo de reparos gerais na cobertura, instalações elétricas, impermeabilizações e tratamentos e pintura. O prazo máximo de execução dos serviços é de 18 meses, a partir da expedição da ordem serviços, estimou o Iphan.

Licitação
Na modalidade de Regime Diferenciado de Contratação Presencial, a licitação será realizada pela Superintendência do IPHAN na Bahia no dia 10 de dezembro, às 9h30, para contratar empresa especializada em execução das obras de restauração do templo. A Comissão Especial de Licitação irá receber, abrir e examinar as propostas e documentação na sede do Instituto – Rua Visconde de Itaparica nº 08, no bairro da Barroquinha. As empresas interessadas podem retirar acessar o edital e anexos gratuitamente através dos site ou na Superintendência do IPHAN na Bahia, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Tombamento
A Catedral Basílica foi individualmente tombada pelo IPHAN como Patrimônio Cultural Nacional em 25 de maio de 1938 e o tombamento inclui todo o seu acervo, um dos mais valiosos do Brasil. No templo há 13 altares, sendo os dois primeiros construídos em estilo renascentista maneirista, de 1650. O projeto arquitetônico é do irmão Francisco Dias, que chegou a Salvador em 1577.

Catedral Basílica Primacial do Salvador
Fundação: 1672
Atrativos: Considerada a “igreja mãe” de todos os templos católicos de Salvador, a Catedral Basílica abriga os principais atos litúrgicos do estado, presididos pelo arcebispo primaz.
Construída sob um estilo genuinamente barroco, a igreja possui um grandioso acervo de arte sacra.
Trata-se do maior templo construído pelos jesuítas no Brasil.
Tombamento: 25/05/1938
Localização: Terreiros de Jesus, Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador.

Extraído do G1.

Pular para a barra de ferramentas