Jornal da Chapada

Vereador de Salvador diz que PT ganhou eleições com a força da militância e dos movimentos sociais

Suíca durante ato público na capital baiana |FOTO: Divulgação/Ascom |

O líder da oposição na Câmara Municipal de Salvador, vereador Luiz Carlos Suíca (PT), não deixou por menos os ataques contra o Partido dos Trabalhadores. Depois de todo o alvoroço na repercussão das falas do atual gestor da capital, o edil lembra que a crise gerada pela corrupção não é do PT e sim da política, porque todos os partidos estão sendo acusados por delatores na operação Lava Jato. Suíca aponta que as vitórias do partido foram da luta da militância e dos movimentos sociais em diversos municípios do país. “O PT ganhou a primeira eleição em 2002 com Lula com a força dos trabalhadores, da luta dos negros; daqueles que sofreram e sofrem com o período da ditadura militar, onde as pessoas foram torturadas. Então as eleições do PT vêm da luta popular, por causa desses direitos negados e ninguém pode esquecer isso”, frisa.

Para Suíca, é de lamentar a fala do gestor da capital quando diz que “após a operação Lava Jato é possível saber porque o PT ganhou tantas eleições”, é uma prova de que ele não reconhece os movimentos sociais, e que seu grupo político é forjado nas elites dominantes e desconsidera todos os investimentos bem sucedidos do governo da Bahia em Salvador. De acordo com Suíca, em Salvador “a sociedade aguarda até hoje os esqueletos das Transcons [Transferências do Direito de Construir], que não saíram do armário. Espero que o prefeito esteja atuando para apresentar o esqueleto verdadeiramente e também realize a apuração das irregularidades na Pierre Bourdieu, para a gente começar a discutir quem está certo e quem está errado. Até hoje também esperamos a implantação da CEI do Metrô”, destaca o líder da oposição.

Ainda conforme o líder da oposição em Salvador, depois que abriu o processo democrático de eleição, “os coronéis mantiveram os seus feudos, seus currais eleitorais, e mantiveram riquezas tomando terras de índios, não dando a quem pertence de direito, pressionando trabalhadores presos por fazer greve”. Segundo Suíca, a corrupção é um problema histórico no país e que o PT está sendo responsabilizado pelo que não fez. “Lógico que o PT é responsabilizado com a maior parte, porque está no poder, porque é governo. E temos de cobrar apuração e que todos os culpados sejam devidamente punidos. Mas é bom lembrar que atuamos em um sistema político falido, arcaico, que permite a corrupção nos processos de licitações e por tantos outros meios. Todos os partidos receberam verba de empreiteiras ou, pelo menos, a maioria dos partidos ganhou dinheiro das empresas que estão sendo investigadas. Falar que é só o PT é, no mínimo, falta de conhecimento da história do país”.

Pular para a barra de ferramentas