Jornal da Chapada

Vale do Capão tem trilhas para cachoeiras e histórias da Chapada Diamantina

O Vale do Capão se destaca como um paraíso ecológico fincado no coração da Chapada Diamantina | FOTO: Reprodução |

A Chapada Diamantina tem seus locais místicos e deslumbrantes. É o caso do Vale do Capão, localizado no município de Palmeiras, e que resguarda paisagens e belezas naturais encantadoras. As trilhas são basicamente compostas por cachoeiras, dentre outras preciosidades naturais. É onde fica a trilha mais batida para a Cachoeira da Fumaça, a mais alta do Brasil, uma área tomada por Mata Atlântica, montanhas de até 1,5 mil metros, além de fauna e flora diversificadas. Não é por falta de atrativos que o Vale se destaca. Um paraíso ecológico, no coração da Chapada. Lá se tem trilhas para o ‘Silêncio dos Gerais’, a correnteza do Rio Preto, o imponente Morrão e o famoso ‘abismo da Fumaça’.

O Jornal da Chapada resumiu um pouco do Capão para mais um texto sobre os encantos da região do diamante. Com clima tropical, Caeté-Açu, distrito onde fica o Vale, tem temperatura média anual variando entre 22° e 24°C, de acordo com informações do favorece todos os tipos de passeios. O Vale do Capão é visitado por pessoas em busca de turismo de aventura e tranquilidade. É também palco de eventos tradicionais na região, como o Festival de Jazz e as festas no período de São João, Carnaval e Final de Ano. Um dos fatores mais cogitados entre os visitantes é o ecoturismo, garantido pelas belezas que acompanham as famosas caminhadas.

Com clima tropical, o Vale tem temperatura média anual variando entre 22° e 24°C | FOTO: Reprodução/Vasto Mundo Viagens |

Leia também:
Chapada Diamantina é indicada como uma das 20 maravilhas naturais do mundo

Chapada: Morro do Chapéu abriga acervo da pré-história e aventuras em trilhas e grutas

Trilhas da Chapada Norte têm cachoeiras, grutas e histórias sobre a busca de ouro e diamante na região

Iramaia revela belezas intocáveis da Chapada Diamantina; conheça trilhas na Raposa

Mucugê, Igatu e Andaraí são mais opções de trekkings na Chapada Diamantina; conheça roteiros

Chapada: Cachoeiras da Fumaça e Buracão entre as 15 mais bonitas do Brasil; confira uma das trilhas

O visitante tem a opção de trilhas mais longas, como a que segue do Capão para a cidade de Lençóis, ou as mais curtas, como as que ligam pontos turísticos e algumas comunidades, Conceição dos Gatos, Riachinho, Rodas, Angélica, Batista entre outros. De acordo com informações de site mantido pelo governo da Bahia, a diferença do Capão para os outros locais da Chapada está no conceito que foi desenvolvido há mais de 20 anos.

A diferença do Capão para os outros locais da Chapada está no conceito que foi desenvolvido há mais de 20 anos | FOTO: Silvana Sepúlveda/Palacete das Artes |

Leia também:
Chapada: Festival de Jazz do Capão já tem programação completa; confira as atrações

Trekking pelo Vale do Pati é um dos mais procurados na Chapada Diamantina; confira aqui

Nova série revela trilhas e aventuras em diferentes regiões da Chapada Diamantina

Circuito do Ouro, Chapada Sul e os três picos mais altos do Nordeste; conheça as trilhas em Rio de Contas

“O lugarejo já teve o garimpo como sua principal atividade, assim como o restante da Chapada Diamantina. Os garimpeiros se aventuravam pelas serras, riachos, rios e tocas à procura de diamantes. Com a chegada dos alternativos, ainda embalados pelo sonho dos anos 70, a vida no Capão mudou completamente”. Ainda conforme informações, ao contrário dos garimpeiros, que sempre buscam riquezas, as comunidades tidas como alternativas não querem tirar nada do local, pelo contrário, a intenção é agregar valores e novas ideias.