Jornal da Chapada

#Brasil: Polícia Civil da Bahia participa de operação de combate à pornografia infantil

A operação é coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública | FOTO: Montagem do JC/SSP |

Equipes da Polícia Civil da Bahia participaram, na manhã desta quinta-feira (22), da Operação Luz na Infância 3. Deflagrada em 18 estados brasileiros, além de Buenos Aires, na Argentina, a ação cumpriu dois mandados de busca e apreensão, em bairros de Salvador e tinha o objetivo de combater a pornografia infantil na internet.

Na Bahia, a Luz na Infância 3 foi realizada sob a responsabilidade do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), em conjunto com a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra à Criança e o Adolescente (Dercca) e do Grupo Especial de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos (GME). A operação é coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Nos endereços dos alvos foram apreendidos celulares, computadores, pendrives, cartões de memória, dentre outros aparelhos eletrônicos. Segundo a titular Dercca, delegada Ana Crícia Macedo, todos esses dispositivos podem ser utilizados para armazenamento de conteúdos de pedofilia.

Flagrantes
O professor Forlan Santos da Conceição, de 41 anos, e o técnico de segurança eletrônica Paulo Henrique de Menezes Sacramento, 33, foram flagrados com material pornográfico. Eles foram localizados nos bairros de Castelo Branco e Dom Avelar, respectivamente. Os dois tinham equipamentos nos quais foram identificados vídeos e fotos.

A delegada Claudenice Mayo, que integra a equipe do Depom, informou que os flagranteados devem ser apresentados na audiência de custódia. “Eles foram autuados por armazenamento de conteúdo de pornografia infantil”, explicou a delegada. Todo o material apreendido na operação será encaminhado para perícia, no Departamento de Polícia Técnica (DPT). As informações são da SSP.