Jornal da Chapada

#Chapada: Mais de mil abordagens são realizadas em barreiras sanitárias para conter entrada da Covid-19 em Itaberaba

A ação permanecerá por tempo indeterminado por conta da evolução do quadro pandêmico no estado baiano.

Com uma semana em atividade, as barreiras sanitárias registraram mais de mil abordagens a veículos que tentam entrar ou sair do município de Itaberaba, portal de entrada da Chapada Diamantina. A estratégia é uma articulação entre o município, administrado pelo prefeito Ricardo Mascarenhas (PP), e o Governo do Estado para prevenir o avanço da pandemia pelo novo coronavírus (Covid-19). A ação permanecerá por tempo indeterminado por conta da evolução do quadro pandêmico no estado baiano.

Durante as abordagens, são realizados questionários de avaliação, aferição de temperatura com termômetro digital e orientações sobre procedimentos de segurança para evitar o contágio e transmissão do vírus – que matou mais de 30 mil no mundo. Pessoas com sintomas similares da Covid-19 – sinais de febre ou sintomas de gripe – passam a ser monitoradas pelas equipes sanitárias da Vigilância Epidemiológica do município e do Núcleo Regional de Saúde (NRS) Centro Leste, seguindo o protocolo dos órgãos estadual e municipal.

O restaurante Santa Helena tem seguido diretrizes sanitárias para conter o coronavírus | FOTO: Divulgação |

Essa atividade conta ainda com os apoios da Superintendência Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), da Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar da Bahia (PMBA). “Esse monitoramento das vias de acesso à cidade são extremamente importantes, tanto no quesito parceria entre as Secretarias Municipais de Saúde, que estão interagindo a fim de rastrear os possíveis casos e conter a proliferação, quanto no sentido de manter nosso povo protegido. A abordagem da Vigilância em Saúde é criteriosa e tem medidas imediatas nos casos suspeitos. Estamos confiantes nesse trabalho, que, se Deus quiser, em consonância com as outras medidas e o isolamento social, vai conter a chegada do vírus em Itaberaba”, reforça Ricardo Mascarenhas.

Conforme informações de assessoria, durante oito dias, “cerca de 450 veículos foram abordados, com o monitoramento de mais de 610 pessoas”. Do total, apenas 1,18% das pessoas apresentaram sinais de febre acima de 37,8% e, 1,38% eram provenientes do áreas de risco. Nesses casos, alguns passageiros são encaminhados para avaliação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), mas a maioria é orientada a ficar em isolamento social e, caso surja algum sintoma, devem imediatamente entrar em contato com Ouvidoria Geral do Município através do telefone (75) 99230 6900”.

Os restaurantes que ficam à margem da BR-242, como o Santa Helena, foram abertos seguindo os protocolos de segurança e higienização. Ainda de acordo com informações, a política em Itaberaba tem gerado debates acalorados sobre as ações da prefeitura municipal e esquentado ainda mais os ânimos na cidade.

“Mesmo em um momento delicado como esse, a oposição, que não tem feito nada para ajudar na prevenção do coronavírus, ainda tenta atrapalhar as ações do governo de Ricardo – que tem seguido os protocolos da OMS, do Ministério da Saúde e da Sesab”, diz um governista. O prefeito ainda fez um apelo à população itaberabense “para só sair de casa em casos de extrema necessidade”, já que algumas das atividades comerciais foram abertas, mas se mantém com restrições rigorosas disponibilizadas em decreto.

Jornal da Chapada