Jornal da Chapada

#Chapada: Prefeitura de Piatã amplia atendimento a pacientes com covid-19 com centro especializado

A estrutura foi montada com recursos do governo federal, destinados ao enfrentamento da covid-19, em apenas uma semana.

A prefeitura municipal de Piatã, na Chapada Diamantina, iniciou nesta segunda (18) os serviços no Centro de Atendimento às Síndromes Gripais, uma unidade de internação básica localizada no Largo do Rosário (quadra ao lado do Fórum). Essa unidade conta com cinco enfermarias, consultório médico, de enfermagem e de coleta (sala específica para realização de exames para detectar a covid-19, RT-PCR e teste rápido). A equipe ainda tem médico, dois enfermeiros, dois auxiliares de enfermagem, recepcionistas, agentes de limpeza e porteiro.

A estrutura foi montada com recursos do governo federal, destinados ao enfrentamento da covid-19, em apenas uma semana. A ampliação dos atendimentos foi necessária em virtude do aumento de casos da doença na cidade que saltou de 117 casos confirmados (19 ativos – um óbito), em 29 de dezembro de 2020, para 391 casos confirmados (109 ativos – três óbitos) em 17 de janeiro de 2021.

O prefeito Marcos Paulo Santos Azevedo (PDT) decidiu ampliar a assistência médica e reservar um local para atendimento exclusivo a pessoas com conjunto de sintomas ligados à gripe e resfriado (febre, tosse, dor de cabeça, dor na garganta, dores no corpo, perda de cheiro e gosto).

“O objetivo é que os usuários de todo o município [sede, distritos de Cabrália, Inúbia e zona rural] possam contar com um local específico para serem atendidos, evitando que a doença se agrave e, também, que esses casos saiam das unidades Básicas de Saúde [UBS’s] e das unidades de Saúde da Família [USF’s], centralizando os casos suspeitos em um único lugar”, aponta o novo gestor via assessoria.

Sobre a dinâmica do centro, o secretário de Saúde, Igor Teles, afirma “que os exames RT-PCR serão feitos às quintas-feiras e teste rápidos a qualquer momento [respeitando o período de janela imunológica de cada paciente] pela equipe de enfermagem”. Ele ainda aponta que “o município conta também com uma unidade hospitalar adequada para internações de pacientes acometidos pelo vírus, inclusive com três respiradores artificiais”.

O prefeito Marcos Paulo também contratou o serviço de uma UTI Móvel para uma possível transferência de paciente e já solicitou análise da pista de pouso para uma eventual transferência via UTI aérea. “Como prefeito, o que eu puder fazer para salvar vidas, farei. Não importa quanto isso custe. Vidas humanas não tem preço”, completa o gestor chapadeiro.

Pular para a barra de ferramentas