Jornal da Chapada

#Bahia: Salvador vai ter observatório das Artes e Cultura LGBTQIA+ para mobilizar setor no estado

O projeto vai mapear o engajamento de artistas, produtoras e coletivos culturais LGBT da Bahia, através do levantamento e sistematização de dados e da mobilização do setor.

O Observatório das Artes e Cultura LGBTI da Bahia é uma iniciativa do Coletivo Drags da Prevenção, desenvolvida pelas drags @evasattiva @malaykasn @petradabancada @abigabright e @viniciusalvesba, e vai mapear o engajamento de artistas, produtoras e coletivos culturais LGBT da Bahia, através do levantamento e sistematização de dados e da mobilização do setor.

Os dados estão sendo coletados através de um formulário que segue aberto até o próximo dia 18 de março e serão fundamentais para identificar quem são, em quais linguagens têm produzido, como estão produzindo neste período de pandemia e quais são as necessidades mais emergentes.

O conjunto de informações coletados com o formulário, servirá de subsídio para a segunda ação do projeto que consiste na realização de duas oficinas colaborativas para tornar orgânica essa rede identificada no levantamento e e onde serão apresentados os dados para a elaboração de uma minuta do Observatório das Artes e Culturas LGBT da Bahia.

Depois de coletados e sistematizados, as informações servirão de indicadores que sirvam para medir o impacto das políticas públicas no campo cultural para este segmento e por meio dele será possível tornar ainda mais orgânica e eficiente a capacidade do Estado da Bahia de reconhecer e investir nas artes e culturas LGBT por meio das políticas culturais.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. As informações são do site Dois Terços.

Participe aqui!

Pular para a barra de ferramentas