Jornal da Chapada

#Chapada: Procurador de Jacobina, Aloísio Dornellas morre vítima da covid-19; ele é a 59ª vítima do vírus no município

São 5.249 casos de coronavírus confirmados desde o início da pandemia no município da Chapada Norte.

O advogado da prefeitura municipal de Jacobina (PMJ) há mais de 10 anos, Aloísio Oliveira Dornellas, 51 anos, morreu na manhã do último domingo (11), vítima de complicações da covid-19. Ele estava internado no Hospital Regional Vicentina Goulart, em Jacobina, na Chapada Norte.

Natural do Rio de Janeiro, Aloísio estava hospitalizado há aproximadamente 20 dias, quando o quadro de saúde se agravou, precisando ser intubado. O advogado tinha comorbidades, como hipertensão e diabetes, fatores agravantes diante do quadro infeccioso.

Antes de assumir o cargo de procurador jurídico da PMJ, ele teve passagens pela Câmara de Vereadores de Jacobina e prefeitura municipal de Serrolândia.

Nos últimos dias, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subseção Jacobina – estava promovendo uma campanha de doação de sangue para o procurador. Aloísio Dornellas torna-se a 59ª vítima da covid-19 no município chapadeiro.

Nota de pesar
A prefeitura de Jacobina divulgou nota de pesar e declarou luto oficial de três dias no município. Na nota, o prefeito Tiago Dias (PCdoB), manifesta “sua mais profunda solidariedade e o mais sincero pesar à família e amigos”.

“Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. E que todo sofrimento seja convertido em saudade e boas lembranças daqueles que nunca se apagam de nós. Em tempo, o prefeito Tiago Dias declara luto oficial de três dias em Jacobina”, completa a nota.

Dados epidemiológicos
Segundo dados do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Jacobina no último domingo (11), a cidade contabiliza, além dos 59º óbitos, 5.249 casos de coronavírus confirmados desde o início da pandemia. Destes, 5.067 se recuperaram, 123 estão ativos e 20 estão em isolamento domiciliar aguardando o resultado dos exames via Laboratório Central da Bahia (Lacen-BA).

O município conta com taxa de ocupação de 30% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). São 20 leitos de UTI e 40 leitos clínicos no Hospital Regional Vicentina Goulart.

Por meio de nota divulgada, a prefeitura se solidarizou com os familiares e amigos da vítima e reforçou a importância da população seguir com todas as medidas de combate à covid-19 divulgadas anteriormente, como por exemplo, usar máscara, evitar aglomerações e higienizar frequentemente as mãos.

Vacinação
O município recebeu 400 doses de vacina contra covid-19 na última sexta-feira (9), destinadas à primeira dose em idosos e povos quilombolas. Além disso, também recebeu o quantitativo d 1.270 doses destinadas à segunda dose de idosos e profissionais da saúde.

No entanto, a prefeitura alerta que “diante desse quantitativo pequeno para primeira dose, ficou inviável iniciar de maneira satisfatória a vacinação de idosos com 62 anos ou mais na zona urbana”.

Por este motivo, nesta segunda-feira (12) a vacinação prossegue para idosos de 63 anos ou mais, com os agentes comunitários de saúde realizando busca ativa daqueles idosos que ainda não receberam a primeira dose correspondente à faixa etária que engloba o público-alvo até o momento.

Ainda conforme a prefeitura, a “maior parte das doses recebidas nessa última remessa serão direcionadas para a zona rural que, dentro do grupo prioritário, tem uma população menor a ser vacinada”. Jornal da Chapada com informações do Informa Sertão e do Jacobina Notícias.

Pular para a barra de ferramentas