Jornal da Chapada

#Chapada: São João em Lençóis terá plano específico de combate à pandemia entre 18 de junho a 3 de julho

Reuniões entre gestores municipais e profissionais do trade turístico alinharam as medidas restritivas durante a semana.

O período junino no município de Lençóis, na Chapada Diamantina, entre 18 de junho a 3 de julho, terá esquema especial para conter a proliferação da covid-19. E para alinhar as medidas de enfrentamento ao coronavírus que serão seguidas durante o São João e próximos finais de semana, os gestores municipais das secretarias de Administração, Turismo e Cultura, Saúde e Departamento de Trânsito se reuniram durante a semana.

Na tarde da última terça-feira (15), por exemplo, houve avaliação dos resultados das ações adotadas pelas equipes da prefeitura durante o feriado de Corpus Christi e o final de semana, quando a cidade chapadeira teve grande fluxo de turistas por causa do Dia dos Namorados. Após identificar alguns problemas no cumprimento das medidas durante as ações, os gestores buscaram alternativas para que as recomendações do governo estadual sejam seguidas.

De acordo com informações enviadas ao Jornal da Chapada pela assessoria da prefeitura, os titulares das pastas municipais ouviram e alinharam as próximas ações com a Polícia Militar, o Senac e com o trade turístico, por meio do Conselho Municipal de Turismo, em reunião na última quarta-feira (16). Já na quinta-feira (17), a reunião foi direcionada aos agentes de fiscalização.

“Foram discutidos o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, o monitoramento realizado pelas equipes de fiscalização, a porcentagem permitida para ocupação hoteleira, ruas destinadas para estacionamento e circulação de veículos, a realização de fogueiras, a vistoria das medidas de prevenção pela Vigilância Sanitária, entre outros”, salienta nota de assessoria.

Ainda conforme os dados, o alinhamento feito com todas os setores da sociedade ao longo da semana. E entre os dias 18 de junho e 3 de julho, “a rede hoteleira deverá trabalhar com ocupação máxima de 60%, não será permitida a realização de fogueiras ou festas, o monitoramento nas ruas será intensificado com a presença da Polícia Militar caso necessário, e está proibida a entrada de excursões com ou sem reserva conforme determina o decreto estadual 20.544”.

Jornal da Chapada

Pular para a barra de ferramentas