Jornal da Chapada

#Bahia: Guanambi, Candiba e Pindaí são orientados pelo MP a proibir realização de festejos juninos

Os municípios devem cancelar qualquer evento presencial público que se destine às tradicionais comemorações juninas e gere aglomerações.

O Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio da promotora de Justiça Tatyane Miranda, recomendou aos municípios de Guanambi, Candiba e Pindaí que proíbam a realização de festejos juninos de qualquer natureza, inclusive feiras, quadrilhas e shows em razão da pandemia do coronavírus.

Além disso, os municípios devem cancelar qualquer evento presencial público que se destine às tradicionais comemorações juninas e gere aglomerações, independente do número de participantes, com ou sem comercialização de ingressos.

“A ocorrência de eventos presenciais enquanto perdurar a pandemia do coronavírus é desaconselhada pelas autoridades sanitárias, diante do alto risco de transmissão do coronavírus”, destacou a promotora de Justiça.

No documento, o MP recomendou ainda que os Municípios revoguem quaisquer autorizações e alvarás sanitários eventualmente expedidos para a realização de festejos juninos privados que importem em aglomeração de pessoas, a exemplo de festas e quadrilhas. A redação é do MP-BA.

Pular para a barra de ferramentas