Jornal da Chapada

#Chapada: Perícia deve identificar se houve poluição do rio após veículo ter tombado e derramado diesel na serra do Pai Inácio

Moradores temem a contaminação em razão do derramamento do diesel ter sido em uma região de nascentes de água pura.

Uma perícia será feita para identificar se o óleo diesel, derramado por um caminhão, após o veículo ter tombado na serra do Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina, na última sexta-feira (1º), contaminou o rio, próximo ao incidente, e o lençol freático da região.

Moradores temem a contaminação em razão do derramamento do diesel ter sido em uma região de nascentes de água pura.

Embora os técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) afirmarem que o óleo não aparenta ter contaminado nenhum corpo d’água, eles afirmam a possibilidade de contaminação de lençol freático.

No entanto, mais informações técnicas estão sendo analisadas e buscadas. Até o momento já se sabe que apesar do derramamento ter ocorrido fora do Parque Nacional, uma parte chegou a escorrer para dentro da unidade. A gravidade disso e a quantidade do óleo serão apuradas por uma perícia.

Uma equipe ICMBio esteve no local e verificou que o vazamento parou. Contudo, não há prazo para determinar a gravidade da situação, mas já há informação de que houve contaminação do solo em uma pequena área.

A Polícia Rodoviária Federal, Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e o Corpo de Bombeiros estão no local. Jornal da Chapada com informações de Metro1.

Pular para a barra de ferramentas