Jornal da Chapada

#Brasil: Após copiar Lula, Moro é acusado de plagiar logotipo de ex-deputado do PT

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro | FOTO: Pedro França/Agência Senado |

“Que Moro não tem nada de novo a dizer sobre o Brasil, já se sabia. Que sequer uma marca de campanha consiga fazer de forma original, não deixa de ser revelador”, disse Rossetto.

A incapacidade de se posicionar devidamente do agora candidato à presidência, Sergio Moro (Podemos), ultrapassa limites. O ex-deputado e ex-ministro Miguel Rossetto (PT) usou as redes sociais, nesta sexta-feira (26), para acusar o ex-juiz de plágio.

Rossetto afirmou que Moro, considerado suspeito e parcial pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nas ações contra o ex-presidente Lula, copiou o logotipo de sua campanha eleitoral para governador em 2018. “Me deparei surpreso com os materiais de campanha do agora candidato Moro. A marca e o slogan são uma cópia descarada da nossa campanha ao governo do estado em 2018”, postou Rossetto.

“Que Moro não tem nada de novo a dizer sobre o Brasil, já se sabia. Que sequer uma marca de campanha consiga fazer de forma original, não deixa de ser revelador de quem nunca teve brilho ou ideias próprias. Tenta tirar ambos de outros”, acrescentou.

Moro já apelou para o plágio em slogan de campanha para Lula
Não é a primeira vez que Moro apela para o plágio em material de propaganda de sua recentíssima participação eleitoral.

Ele copiou o slogan de uma campanha feita para o ex-presidente Lula. Em 2016, no pós-golpe da presidenta Dilma Rousseff, foi lançada na plataforma de financiamento coletivo Catarse.me, um projeto de arrecadação para a campanha “Um Brasil Justo pra Todos e pra Lula”.

A intenção era levar a interpretação correta sobre o que estava acontecendo na época em relação à perseguição a Lula e aos militantes sociais e, consequentemente, ao projeto do PT, às pessoas pobres e aos direitos sociais. Moro usou em uma peça de propaganda de sua filiação ao Podemos o slogan: “Um Brasil Justo para todos”. Com informações da Revista Fórum.

Pular para a barra de ferramentas