Jornal da Chapada

#Mundo: Carro voador levanta voo, mas ainda mostra instabilidade; veja aqui o vídeo

Bellwether Volar ainda em escala reduzida | FOTO: Bellwether |

A empresa britânica Bellwether é mais uma a apostar em “carros voadores” para o transporte no futuro. Como parte do processo de desenvolvimento de seu modelo, o Volar, um teste foi realizado ainda com um protótipo com metade do tamanho que o veículo terá em sua versão final.

O Volar é um tipo de veículo elétrico de pouso e decolagem vertical (eVTOL, na sigla em inglês), que é uma aeronave similar a um helicóptero, mas que faz menos barulho e usa mais hélices para voar. Outras fabricantes como a Embraer, com sua marca EVE, também estão com projetos no segmento.

Por sua vez, o que chama atenção no Volar é o seu visual, que lembra o de carros voadores de filmes de ficção científica. Outro detalhe é que suas hélices estão bem protegidas por carenagens, não ficando expostas como em outros eVTOLs.

Em seu primeiro voo, realizado no final do ano passado em Dubai, mas divulgado nesta semana, o veículo que ainda não estava tripulado também despertou comentários por mostrar uma instabilidade em seus primeiros movimentos nos ares.

“Nosso Volar voa suavemente e comprova nossos esforços em inovação e tecnologia. Estamos confiantes e buscaremos a perfeição com melhoria contínua”, disse Kai-Tse Lin, diretor de operações e cofundador da Bellwether Industries.

O modelo sobrevoou um campo a uma altura de 4 metros e com velocidade de 40 km/h. A expectativa da empresa é que as primeiras entregas em 2028.

Para a versão de produção, o Volar terá versões que podem levar 2 ou 4 pessoas, e a expectativa é que faça viagens a uma altitude de cerca de 915 metros a velocidades de 220 km/h. Redação do g1.

Pular para a barra de ferramentas