Jornal da Chapada

#Salvador: Prefeito confirma suspensão da festa de Iemanjá, mas permite que bares e restaurantes funcionem

O prefeito Bruno Reis | FOTO: Valter Pontes/Secom |

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM/UB), entregou a 3ª etapa da requalificação do entorno do Farol de Itapuã nesta quinta-feira (27) e aproveitou o ensejo para comentar sobre o cancelamento da festa de Iemanjá, que é celebrada no dia 2 de fevereiro.

Bruno afirmou que o trecho da orla do Rio Vermelho terá trânsito livre e a entrada para a praia será fechada com tapumes. “O trânsito ficará livre na região e nós vamos colocar tapumes na altura da colônia de pescadores para evitar aglomerações. Também será proibido som e a venda de produtos nas vias. Os restaurantes poderão funcionar sem restrições de horários, mas seguindo todos os protocolos”, pontuou. Ele fez um apelo para que a população entregue os presentes à Iemanjá em outras praias da capital baiana.

Estará interditado o acesso de pessoas às praias entre o restaurante Sukiyaki e a Colônia de Pescadores Z1, a partir de zero hora do dia 1º de fevereiro até as 6h do dia 3 de fevereiro. Já o presente de Iemanjá será levado diretamente ao mar, sem qualquer permanência na Colônia de Pescadores, para evitar aglomerações. As medidas serão fiscalizadas pelos órgãos municipais.

Ainda no evento, Bruno Reis anunciou novas medidas que foram tomadas pela gestão municipal com relação à covid-19. “Nós autorizamos a abertura de 28 novos leitos no hospital Santa Izabel, sendo 14 leitos de UTI e 14 de enfermaria que já vão começar a funcionar de forma imediata. Também estarão funcionando 10 novos leitos de UTI pediátrica, na próxima semana, no Hospital Martagão Gesteira”, afirmou. Redação do Muita Informação.

Pular para a barra de ferramentas