Jornal da Chapada

#Eleições2022: “É inaceitável que tenhamos que sofrer com esta onda de violência por incompetência do governo do PT”, diz ACM Neto

ACM Neto | FOTO: Divulgação |

O pré-candidato ao Governo da Bahia ACM Neto (União Brasil) lamentou, nesta quarta-feira (18), a manutenção da Bahia na liderança do ranking de homicídios no país. A informação foi divulgada pelo Monitor da Violência, publicado pelo G1 com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

De acordo com o levantamento, a Bahia registrou 1.326 mortes violentas nos três primeiros meses deste ano, número tratado como “impressionante” pelo Monitor. O volume de mortes no estado representa 13% do total contabilizado no país, de 10,2 mil assassinatos no primeiro trimestre de 2022.

“É completamente lamentável que a Bahia concentre 13% das mortes violentas de todo Brasil. Em um novo monitoramento divulgado hoje, a Bahia foi campeã em violência nacional mais uma vez, com diferença de quase 30% para o segundo estado no ranking”, disse o pré-candidato em seu perfil do Twitter.

Neto lembrou ainda que a Bahia vive uma onda de violência, com o aumento da sensação de insegurança devido aos assaltos a estabelecimentos, homicídios e assassinatos de policiais, dentre outras ocorrências.

“O levantamento mostra em números aquilo que estamos vendo nas ruas. É inaceitável que tenhamos que sofrer com esta onda de violência por incompetência do governo do PT na segurança. Precisamos mudar esse cenário”, salientou. Com informações de assessoria.

Pular para a barra de ferramentas